Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Imobiliária de Buffett abre no Porto com carteira de imóveis a partir de um milhão de euros

"Grande potencial do segmento residencial de luxo” e “atratividade para o investimento estrangeiro” explicam aposta da empresa.

Zaid Abood, diretor regional  / Berkshire Hathaway HomeServices Portugal Property
Zaid Abood, diretor regional / Berkshire Hathaway HomeServices Portugal Property
Autor: Elisabete Soares (colaborador do idealista news)

A Berkshire Hathaway HomeServices, rede imobiliária do multimilionário Warren Buffett que fez uma parceria com a Portugal Property para o mercado nacional, conta a partir desta semana com o primeiro escritório no Porto, localizado na rua de Santa Catarina. Com uma carteira na Invicta de cerca de 500 imóveis, com preços superiores a um milhão de euros, no portfolio consta, por exemplo, um edifício à venda por nove milhões de euro, na Baixa da cidade.

Na apresentação da loja, Zaid Abood, diretor regional da Berkshire Hathaway HomeServices Portugal Property, explicou que a aposta da empresa no Porto deve-se ao “grande potencial que apresenta o segmento residencial de luxo” e à grande “atratividade para o investimento estrangeiro”.

O gestor, recordando que o Porto despertou o interesse por parte dos estrangeiros por ser “uma cidade bonita, com história, com um rio romântico e uma costa atlântica”, a que se soma a sua “segurança”, frisa que “as mais recentes estatísticas demonstram as potencialidades do Porto, enquanto destino de investimento, o que nos permite olhar o futuro com otimismo”.

Na apresentação da loja, o responsável destacou também o facto de o país ter despertado muito interesse por parte dos estrangeiros. “Portugal é hoje um dos melhores países europeus para se investir” e o mercado “ainda está numa fase inicial”, assegura.

Captar mais clientes nacionais

A Portugal Property opera no país desde 2008, passando agora a ter sete escritórios (entre o Algarve, Lisboa e Porto) e uma carteira com mais de dois mil imóveis para venda no país. Em 2018, registou um volume de negócios de quase 90,5 milhões de euros e gerou cerca de 113,4 milhões de euros de volume de vendas.

Já a rede Berkshire Hathaway HomeServices - presente no continente americano, na Europa e no Dubai -, gerou cerca de 113,5 mil milhões de euros em volume de vendas no ano passado.

Agora, de acordo com Zaid Abood, a parceria - além de gerar mais-valias a nível da formação e netwoork - vai permitir alargar a base de potencial de clientes.

Se até agora, os principais clientes da consultora eram estrangeiros, de nacionalidades muito diferentes como norte-americanos, israelitas, egípcios ou franceses, o gestor acredita que a partir desta fase vão conseguir captar também mais portugueses.

Oportunidades de investimento na Invicta

Do conjunto de propriedades que a Berkshire Hathaway HomeServices Portugal Property tem em comercialização na cidade do Porto destacam-se um conjunto de projetos imobiliários para desenvolvimento, com PIP’s (Plano de Informação Prévia) aprovados, destinados sobretudo a alojamento local, hotelaria e ao segmento comercial, localizados sobretudo no centro da cidade e, especialmente, orienados para investimento.

Os projetos em comercialização nesta vertente apresentam preços desde os 1,9 milhões de euros, no caso de um prédio à face da rua, com vários apartamentos e uma ‘ilha’ nas traseiras; um icónico hotel no Centro Histórico, que custa 2,9 milhões de euros ou, ainda - nesta mesma zona - um outro prédio para recuperação, que permite a construção de um hotel de 51 quartos, com restaurante e bar, que custa 5,5 milhões de euros.

Na Foz do Douro, a corretora está a vender, por 2,9 milhões de euros, uma mansão que em 2011 foi alvo de reforma e tem uma licença comercial. Compreende uma área de 789 m2, distribuídos em três andares, com um edifício externo separado de 16,5 m2 e uma área de jardim de 440 m2.