Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Lisboa acolhe maior concurso de arquitetura do mundo – e há 2 projetos nacionais na corrida

Edifício Essenza e projeto de ampliação no Hospital Pedro Hispano estão entre os 292 finalistas.

World Architecture Festival 2021
Projeto de ampliação do SMI do Hospital Pedro Hispano / Ventura + Partners
Autor: Redação

Aquele que é considerado o maior concurso de arquitetura do mundo vai decorrer em Lisboa, entre os dias 1 e 3 de dezembro de 2021. Trata-se do World Architecture Festival 2021 (WAF), que já selecionou os 292 projetos finalistas. Dois deles têm cunho português.

Estes dois projetos de arquitetura com assinatura portuguesa foram desenvolvidos pelo gabinete de arquitetura Ventura + Partners e são bastante diferentes. Um deles é o edifício residencial Essenza, que “se afirma como um empreendimento de luxo – tanto a nível tecnológico como de acabamentos”, lê-se em comunicado enviado às redações. O outro diz respeito ao projeto de ampliação do Serviço de Medicina Intensiva (SMI) do Hospital Pedro Hispano, que se destaca “pela funcional e rápida resposta que permitiu dar no combate à pandemia Covid-19”.

Maior concurso de arquitetura do mundo decorre em Lisboa
Edifício residencial Essenza / Ventura + Partners
O edifício Essenza vai concorrer no WAF na categoria de Habitação e o novo SMI do Pedro Hispano foi selecionado para a corrida ao galardão na área da Saúde. Ambos enquanto edifícios concluídos.
Maior concurso de arquitetura do mundo decorre em Lisboa
Projeto de ampliação do SMI do Hospital Pedro Hispano / Ventura + Partners

Estas duas obras do atelier liderado por Manuel Ventura têm sido destacadas nacional e internacionalmente, constando na seleção oficial de competições como os German Design Awards, a London International Creative Competition, os Architect of The Year Awards ou os Prémios Lusófonos de Arquitetura e Design de Interiores.

Estes foram dois dos 292 projetos finalistas selecionados pelo WAF, que foram concebidos por arquitetos e designers de 47 países. Entre estes estão gabinetes de arquitetura como o BIG (Bjarke Ingels Group), Foster & Partners, SOM (Skidmore, Owings & Merrill) e Zaha Hadid Architects.