Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Banco espanhol WiZink instala sede em Lisboa na Av.Liberdade

Autor: Redação

O WiZink Bank, antigo Banco Popular-E, acaba de instalar a sua sede em Lisboa, na Avenida da Liberdade. O banco online orientando para o crédito ao consumo, que ficou com o negócio de cartões do Barclays em Portugal e Espanha, instalou-se no Edifício Café Lisboa, numa operação da responsabilidade da Cushman & Wakefield e Aguirre Newman em nome do proprietário do imóvel, a Revilla International.

Sem agências e especializado em cartões de crédito e na oferta de soluções simples de poupança, o WiZink Bank passa a ocupar 1.250 m2 do Edifício localizado nº 131 da Avenida da Liberdade e que conta com outros inquilinos como a Cushman & Wakefield, AIG e o Banco Espirito Santo Privée.

Luís Reis, head of Corporate Solutions da Aguirre Newman conta, em comunicado, que "esta operação de procura de novas instalações realizou-se a nível ibérico, tendo sido iniciada e concluída pelos nossos colegas da Aguirre Newman Espanha, também eles com excelentes resultados num curto espaço de tempo, como era desejo do WiZink Bank”.

Em Madrid, o banco está a dias de mudar-se. No final do mês vai abandoar o Parque Empresarial La Moraleja (situado em Alcobendas) pelo Parque Empresarial Ulises, localizado na zona residencial do bairro de Arturo Soria, em regime de arrendamento. Os cerca de 700 empregados vão ocupar 8.000 m2 dos 9.600 m2 que tem o edifício, propriedade da sociedade de investimento Merlin.

No total, o WiZink Bank gere mais de 1.800 milhões em crédito e mais de 2.300 milhões de depósitos dos seus mais de 2,5 milhões de clientes.