Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Investidores estrangeiros

Últimas notícias sobre "Investidores estrangeiros" publicadas em idealista.pt/news

Investidores oportunísticos piscam o olho ao imobiliário nacional no pós-Covid-19

A pandemia do novo coronavírus está a deixar marcas no setor imobliário. Uma das consequências da Covid-19 pode passar pela descida do preço das casas, que encareceram muito nos últimos tempos – no quarto trimestre de 2019, o preço mediano das casas vendidas em Portugal fixou-se em 1.081 euros por metro quadrado (m2), mais 8,5% que no período homólogo. Para Jorge Marrão, ‘partner’ da Deloitte, esse fenómeno vai abrir oportunidades para os investidores oportunísticos.

Notícia sobre:

Marcha-atrás no negócio de compra do Dolce Vita Miraflores, que volta a estar à venda

Marcha-atrás no negócio de venda do Dolce Vita Miraflores a uma sociedade de capitais angolanos, que apresentou uma proposta de compra de 6,8 milhões de euros pelo centro comercial. Isto porque o investidor em causa não conseguiu obter financiamento do Eurobic para avançar com o negócio – o shopping tinha sido arrematado, em sede de insolvência, há cerca de meio ano. 

Notícia sobre:

Os escuteiros recusam-se a abandonar o refúgio de Jackie Kennedy na Arrábida

De casarão que abrigava personalidades como Jackie Kennedy a um abrigo de 'boy scouts'. Um grupo de escuteiros portugueses interrompeu a compra do lendário e glamouroso palácio português da Comenda, na Arrábida. Dois bilionários tinham em curso o processo para fechar a compra, mas o Agrupamento 415 Santa Maria do Corpo Nacional de Escuteiros sacou de todos os trunfos para deixar a operação em 'stand by', alegando que, desde há vinte anos, têm cuidado da casa.

Notícia sobre:

CA Ventures prepara-se para investir 200 milhões de euros em Portugal e Espanha

O mercado português continua no radar dos investidores estrangeiros. Agora foi a vez de a norte-americana CA Ventures decidir apontar a mira à Península Ibérica, destinando 200 milhões de euros para investir no imobiliário de Portugal e Espanha, ao longo deste ano. Para companhar esta aposta, decidiu também avançar com a nomeação de Steven Zijl como CEO da companhia para os dois países. 

Notícia sobre:
Krest Real Estate Investments

Parque das Nações: Moxy Hotel abre em maio e edifício de escritórios K-Tower já saiu do papel

A construção da K-Tower, uma torre de escritórios em Lisboa, no Parque das Nações, com 13 pisos e mais de 15.000 metros quadrados (m2), e do Moxy Hotel foi anunciada no final de 2018. Em causa estão dois terrenos que foram comprados pela Krest Real Estate Investments e que representam um investimento de cerca de 60 milhões de euros, diz ao idealista/news Claude Kandiyoti, CEO da promotora imobiliária belga. O hotel abre portas em maio e o edifício de escritórios só agora saiu do papel, com a construção do primeiro pilar.

Notícia sobre:

Merlin compra 34% das ações da (também) socimi Silicius em troca de três centros comerciais

A socimi espanhola Merlin Properties, que está à espera do passaporte comunitário para operar também como socimi em Portugal – como Sociedade de Investimento e Gestão Imobiliária (SIGI) –, comprou 34% das ações da também socimi Silicius, propriedade da empresa gestora de património Mazabi. Como “moeda de troca”, cedeu três centros comerciais: Fira, em Reus, Thader, em Múrcia, e um espaço localizado no Centro Nassica, em Getafe, Madrid.

Notícia sobre:

Venda de crédito malparado em Portugal bate recordes e 2020 promete ser “outro ano dinâmico”

Agora é oficial: a venda de crédito malparado – negócios de Non-Performing Loans (NPL) – em Portugal atingiu em 2019 um valor recorde, 8.000 milhões de euros. Quer isto dizer que os bancos estão a conseguir desfazer-se dos seus ativos mais problemáticos. Uma tendência que se deve manter este ano, já que o país “continua a ter um dos rácios de NPL mais elevados da Europa”, diz Nelson Rêgo, diretor geral da Prime Yield e responsável pelos serviços de avaliação de portefólios da Gloval.

Notícia sobre:

Espanhola Arcano fecha segundo fundo imobiliário com 130 milhões e mantém Portugal no radar

A espanhola Arcano Asset Management, a área de gestão de ativos da Arcano Partners (fundada em 2003), anunciou esta segunda-feira (2 de março de 2020) o encerramento do seu segundo fundo imobiliário, o Arcano Value Added Real Estate II (AVA II), tendo angariado 130 milhões de euros, dos quais 48% já estão comprometidos. O investimento em Portugal não ultrapassará 20% do “bolo” total, ou seja, cerca de 26 milhões de euros.  

Notícia sobre:

Gigante chinês da construção na corrida à compra da Brisa

Um grupo chinês liderado pela China State Construction Engineering Corp. está entre os interessados da operadora rodoviária portuguesa Brisa. O gigante público da construção formou um consórcio com o fundo de investimento chinês CNIC Corp. e o Fundo de Desenvolvimento de Cooperação China-Países de Língua Portuguesa, aberto a mais investidores, para entrar na corrida à Brisa, um negócio que poderá ultrapassar os 3 mil milhões de euros e deverá estar fechado até julho.

Notícia sobre: