Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Tecnológica internacional Joyn paga 4,5 milhões por edifício em Carnaxide para instalar nova sede

Além de para uso próprio, grupo quer arrendar espaços do imóvel a outras empresas, numa lógica de serviços partilhados.

JLL Portugal
JLL Portugal
Autor: Redação

O grupo internacional Joyn vai ter uma nova sede em Carnaxide. A empresa de base tecnológica pagou 4,5 milhões de euros por um edifício na rua do Proletariado 1, que vai também estar disponível para acolher outras empresas em regime de arrendamento. Com uma área total de 5.300 m2, o Joyn HQ conjuga dois pisos de escritórios (numa área total de cerca de 3.200 m2) e um piso de área de armazenagem, com 2.100 m2.  

Alvo de um rebranding, o imóvel passa a designar-se edifício Joyn HQ e irá disponibilizar para arrendamento uma área de 1.700 m2 de escritórios, numa lógica de serviços partilhados. Desta forma, os ocupantes deste imóvel partilharão com o Grupo Joyn uma receção e sala de espera, quatro salas de reuniões para visitas externas, copa/refeitório de 400 m², miniauditório para meet-ups e uma mini-zona de exercício, entre outros.

"Refletindo uma forte aposta na Sustentabilidade e Inteligência, o edifício Joyn HQ disponibiliza 10 postos de carregamento para carros elétricos, 10 postos para bicicletas e trotinetes elétricas, uma UPAC Solar de 65kWh, iluminação LED, sistema de domótica KNX, ligações de 2Gb/2Gb simétricas, espaço rack para servidores e Wifi-Fi Access Points prontos a usar", revela em comunicado a JLL que atuou na operação da venda em representação do anterior proprietário. A consultora imobiliária será agora também responsável por trazer novos inquilinos para a nova sede do grupo Joyn, tendo sido selecionada pela Joyn para a comercialização dos espaços.

Mariana Rosa, Head of Office & Logistics Agency & Transaction Manager da JLL, comenta: “Numa abordagem ao mercado completamente ímpar, o edifício Joyn HQ é o reflexo do seu proprietário-ocupante e quer, precisamente, atrair empresas que partilhem o seu mind-set: abertos, colaborativos e comunitários. O objetivo do proprietário é criar um ambiente heterogéneo, uma verdadeira comunidade com participantes de diferentes backgrounds, boa onda, inovadores e curiosos, irrequietos e desafiadores”.