Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Tecnológica ITSector comprada por gigante francesa muda-se para o Porto Office Park

A tecnológica portuense, que emprega 600 trabalhadores, foi comprada pela Alten e vai transferir a sua sede para este complexo de escritórios na Boavista.

POP
POP
Autor: Redação

A ITSector está de “malas feitas” para o novo Porto Office Park (POP), na Boavista. A tecnológica portuense, que emprega 600 trabalhadores, foi comprada pela Alten, uma gigante francesa em consultoria e engenharia tecnológica, cotada na bolsa de Paris, algo que poderá impulsionar o ritmo de contratações e expansão de negócios.

Todos os postos de trabalho, incluindo a administração, mantêm-se inalterados. O que muda é apenas o local físico da sede, que está a preparar-se para inaugurar instalações no edifício POP, distinguido como “Melhor Empreendimento de Escritórios do Ano”, tal como escreve o site Porto.pt.

Em comunicado no site da empresa, destaca-se “o vasto conjunto de oportunidades e potenciais sinergias que agora se avizinham, incluindo a expansão de negócios e o crescimento do conhecimento da ITSector no que diz respeito à transformação digital do setor financeiro nos mercados onde a Alten opera”. Em 2020, a tecnológica nacional contratou mais de uma centena de colaboradores. E agora, com a venda à Alten, há uma “grande potencialidade em manter o ritmo de contratações e crescimento”.

A ITSector tem atualmente cerca de 600 trabalhadores e seis centros de desenvolvimento no Porto, Lisboa, Braga, Aveiro, Bragança e Castelo Branco, tendo faturado 13 milhões de euros na primeira metade do ano passado, o que representa mais 25% da faturação em relação a igual período do ano anterior. Mesmo sendo comprada por um gigante francês, a tecnológica garante que “irá manter o seu ADN de empresa inovadora no setor financeiro, dirigindo as suas competências para ajudar bancos e credit unions a implementar as suas transformações no digital”.