Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Um escritório portátil feito à medida para trabalhar no jardim

O projeto nasceu pelas mãos da Tini/Tinyhome.es, em plena pandemia. A marca oferece várias soluções de casas pré-fabricadas que podem ser personalizáveis.

Tini/Tinyhome.es
Tini/Tinyhome.es
Autor: Redação

O teletrabalho veio para ficar, mas sabemos que nem todas as casas têm espaço suficiente para um escritório adequado e, mesmo que tenham, é benéfico separar a vida pessoal da profissional. O projeto Tini/Tinyhome.es – que junta o estúdio de arquitetura delavegacanolasso em Madrid, e Ricardo de Zulueta, consultor estratégico em Nova Iorque – acabou de lançar, entre vários modelos de casas pré-fabricadas, o Tini Office, um escritório portátil perfeito para instalar no jardim lá de casa. Uma solução que permite o teletrabalho num espaço não só agradável, mas sustentável, e que pode ser feito à medida, de acordo com as preferências de cada um.

No ano passado houve um “boom” na procura de casas pré-fabricadas, um novo modelo de construção para o setor que não quer ser apenas tendência, mas sim ser referência na arquitetura pós-pandemia. E foi no meio desta crise sanitária que nasceu o projeto Tini/Tinyhome.es, que também quer dar resposta a um problema crescente: a dificuldade de encontrar casa nos grandes centros a preços acessíveis.

A marca espanhola oferece, nesse sentido, minicasas pré-fabricadas que se ajustam às necessidades de cada um, com três produtos distintos: um kit básico (espaço interior aberto), de fim de semana (quarto e casa de banho), ou de refúgio – sendo este o mais completo dos três, equipado com mobiliário, casa de banho e cozinha completa. Há ainda a possiblidade de personalizar o espaço, escolhendo as cores e acabamentos, e os preços começam nos 41.600 euros (+IVA).

Além deste produto, lançaram o Tini Office, um pequeno escritório adaptado ao espaço e à vista, de cerca de 20 metros quadrados (m2), produzido em apenas 60 dias. Os módulos são fabricados em madeira OSB com estrutura em aço corten e isolados com algodão reciclado, sustentáveis, e  podem ser personalizados quer ao nível da estrutura, tamanho e conteúdo. Os preços do modelo básico começam nos 28.000 euros (+IVA).

Galeria de imagens do Tini Office