Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Lisboa é a porta de entrada na UE da norte-americana PagerDuty

Líder mundial na gestão de operações digitais “aterrou” na capital portuguesa e prevê contratar 100 pessoas até final de 2022.

Norte-americana PagerDuty "aterra" em Portugal
PagerDuty
Autor: Redação

A norte-americana PagerDuty, líder mundial na gestão de operações digitais, “aterrou” em Lisboa, prevendo contratar 100 profissionais altamente qualificados até ao final de 2022 para funções de engenharia de software, programação, finanças e operações. O escritório na capital portuguesa será o primeiro da empresa na União Europeia, sendo que já se encontra também em Londres (Reino Unido), Atlanta e São Francisco (EUA), Sidney (Austrália) e Toronto (Canadá).

A PagerDuty encara a chegada a Lisboa com muito otimismo, considerando que se trata de um “importante polo multifuncional de inovação e desenvolvimento”, refere a empresa, em comunicado. 

“A Europa é a região com o crescimento mais rápido do negócio, com aumento homólogo de 41% nas receitas internacionais durante o segundo trimestre da empresa. A presença da PagerDuty em Lisboa representa uma oportunidade para acelerar as contratações, à medida que a empresa ascende aos mil milhões de dólares em receitas anuais recorrentes”, lê-se na nota. 

Segundo Jennifer Tejada, presidente e diretora executiva da PagerDuty, as operações digitais da empresa tornaram-se “na infraestrutura principal tanto para as startups inovadoras como para as maiores empresas mundiais”. “A cultura empresarial de Lisboa, os programas universitários de qualidade e o ecossistema tecnológico local apoiam as nossas ambições em nos tornarmos na nuvem de operações para as empresas modernas. Estamos entusiasmados para construir a nossa presença em Portugal a fim de continuarmos a expandir o nosso negócio na Europa”, adianta, citada no documento.

"A cultura empresarial de Lisboa, os programas universitários de qualidade e o ecossistema tecnológico local apoiam as nossas ambições em nos tornarmos na nuvem de operações para as empresas modernas. Estamos entusiasmados para construir a nossa presença em Portugal a fim de continuarmos a expandir o nosso negócio na Europa"
Jennifer Tejada, presidente e diretora executiva da PagerDuty

A PagerDuty, que assume ter tido “um crescimento muito rápido ao longo dos últimos 18 meses”, tem já algumas empresas portuguesas como clientes, como por exemplo a Farfetch, a AiFi, a Mediatree, a Miniclip, a Unbabel e a VictoriaPlum. 

“Estamos bastante entusiasmados e orgulhosos por receber a PagerDuty em Portugal”, afirmou Luís Castro Henriques, presidente e Diretor Executivo da AICEP, a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal. 

“Lisboa tem-se tornado num destino de preferência para as operações de tecnologia da informação junto de empresas que procuram beneficiar de uma fonte de talento altamente qualificado, multilíngue e dinâmico. A aposta na inovação e no desenvolvimento do produto que a PagerDuty traz ao ecossistema local são as principais contribuições para o posicionamento de Portugal como um polo principal europeu de atividade tecnológica”, conclui.

Norte-americana PagerDuty "aterra" em Portugal
PagerDuty