Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Há mais de mil casas preparadas para receber refugiados

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Portugal deverá acolher nos próximos dois anos cerca de 4.500 refugiados, sendo que já existem atualmente no país “mais de um milhar de alojamentos autónomos disponíveis” para alojar refugiados, revelou o diretor nacional adjunto do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Segundo o responsável, citado pelo Jornal de Notícias, está concluído o levantamento da capacidade instalada para acolhimento de refugiados em Portugal. Para Luís Gouveia, a existência de mais de mil casas é resultado do mapeamento feito junto das entidades parceiras, como o terceiro setor e os municípios (63 atualmente). “[Trata-se de um valor] confortável [que] validando todas as ofertas cobre quase na totalidade” os 4.500 refugiados que Portugal deverá acolher, referiu.

Falta, agora, fazer a validação dos alojamentos, para perceber se têm as condições de habitabilidade necessárias ou se precisam de obras.

De referir que os imóveis em causa estão localizados de norte a sul do país, mas sobretudo nos grandes centros urbanos.