Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Millennials já estão a comprar casas novas (e de luxo) nos EUA

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Há uma nova tendência no mercado imobiliário dos EUA. Os millennials, que têm entre 17 e 37 anos – pessoas nascidas entre 1980 e 2000 –, estão a apostar forte no setor e a comprar casas novas e de luxo. Um cenário confirmado pela Toll Brothers, a maior construtora de casas de luxo do país, que revelou que 23% das suas vendas deste ano foram para clientes com pelo menos um comprador de até 35 anos.

Segundo o ECO, o anúncio foi uma surpresa, já que o preço médio do contrato da empresa no período de três meses até julho foi de 837.300 dólares (700.825 euros).

O que estará a acontecer é que estes jovens, que parecia que iam arrendar casa para sempre ou viver eternamente com os pais, casam-se e têm filhos mais tarde. Uma demora que permitiu, ao mesmo tempo, que alguns deles conseguissem poupar para pagar a entrada, escreve a publicação.

“Foi uma surpresa agradável”, disse Fred Cooper, vice-presidente sénior de relações com investidores da Toll Brothers. “Essas pessoas, que talvez tenham trabalhado cerca de 10 anos, têm dinheiro para comprar uma casa mais luxuosa do que a que se imagina como uma típica primeira casa”, acrescentou.

A proporção de millennials com casa própria ainda é baixa nos EUA, sendo que os compradores de 18 a 34 anos possuem 11% das casas do país ocupadas por proprietários.

De referir que a Toll Brothers apresentou recentemente uma nova marca, a T Select, que é mais barata e direcionada a compradores mais jovens. Os millennials têm, no entanto, optado por comprar principalmente os outros imóveis da empresa. “Estamos empenhados em vender casas para o setor de maior poder de compra dos millennials, porque não vamos esperar até eles comprarem uma segunda ou terceira casa mais cara, coisa que eles obviamente farão daqui a uma década”, adiantou Douglas Yearley, CEO da empresa.