Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Imobiliário EUA

Últimas notícias sobre "Imobiliário EUA" publicadas em idealista.pt/news

EUA: banco Citigroup paga 815 milhões para encerar litígios imobiliários

O banco norte-americano Citigroup anunciou que vai pagar 1,12 mil milhões de dólares (815 milhões de euros) a 18 investidores institucionais para resolver um litígio de investimentos imobiliários associado à crise financeira.

Notícia sobre:

Millennials já estão a comprar casas novas (e de luxo) nos EUA

Há uma nova tendência no mercado imobiliário dos EUA. Os millennials, que têm entre 17 e 37 anos – pessoas nascidas entre 1980 e 2000 –, estão a apostar forte no setor e a comprar casas novas e de luxo. Um cenário confirmado pela Toll Brothers, a maior construtora de casas de luxo do país, que revelou que 23% das suas vendas deste ano foram para clientes com pelo menos um comprador de até 35 anos.

Notícia sobre:

EUA: Há oito anos que não se vendiam tantas casas

As vendas de casas novas familiares registaram máximos de oito anos no mercado imobiliário norte-americano em abril. Dados governamentais conhecidos terça-feira (dia 24) apontam para uma subida nas vendas de imóveis de 16,6% em abril, para 619 mil unidades. Trata-se do número mais elevado desde janeiro de 2008 – e que representa a maior subida desde janeiro de 1992.

Notícia sobre:

A última comunidade "hippie": um bairro de casas flutuantes rodeado de mansões milionárias

A apetecível e bonita vila de Sausalito (Califórnia, EUA) é um dos lugares preferidos para viver das grandes fortunas de São Francisco. Situado do outro lado da popular ponte de Golden Gate, as casas distinguem-se por serem mansões. Inclusivamente no porto, onde a maioria das casas barco ali amarradas custam mais de um mihão de dólares. Todas menos as 38 que flutuam no poste de amarre seis, conhecido popularmente como "The Gates Cooperative", o último vestígio da comunidade "hippie" que se instalou ali nos anos 60.
Notícia sobre:

Está à venda nos EUA uma cidade fantasma que custa menos que um apartamento

Se alguém te falar alguma vez da “América profunda” é provável que tenha em mente uma paisagem similar à que existe em Swett. Em pleno coração dos EUA – no Estado de Dakota do Sul – uma imobiliária está há vários anos a tentar arranjar comprador para uma pequena cidade abandonada.
Notícia sobre:

Manhattan “esvazia-se” com rendas médias a disparar para os 3.000 euros

Morar em Manhattan (Nova Iorque/EUA) é caro, muito caro... Arrendar uma casa na “Grande Maçã” é hoje 18% mais caro que em junho de 2009, quando os norte-americanos deram por terminada a recessão económica. Só em novembro as rendas subiram em média 3,9%, para 3.361 dólares mensais (pouco mais de 3.000 euros).

Notícia sobre:
Stony Island Trust & Savings Bank de Chicago

A incrível transformação de um banco abandonado em centro comunitário e artístico

Em 2012, o artista norte-americano Theaster Gates comprou o Stony Island Trust & Savings Bank de Chicago. Pagou apenas um dólar (0,90 euros) por um edifício de 1923 que foi reconhecido pelo seu valor histórico em 1966 e que estava abandonado há anos. Uma pechincha, é verdade, mas o negócio tinha um valor bem superior, já que era preciso investir 3,7 milhões de dólares (3,3 milhões de euros) para o reabilitar.
Notícia sobre:

O melhor negócio imobiliário da história? Comprou um edifício abandonado por 85.000 euros e vendeu por 42 milhões

Situado no coração do recuperado e agora prestigiado bairro de Nolita (north of little italy), está o edifício de um antigo banco abandonado, que um fotógrafo, Jay Maisel, comprou em 1966 por apenas 102.000 dólares (85.000 euros) e que acaba de vender por um valor desconhecido, mas que os especialistas apontam estar à volta dos 50 milhões de dólares (42 milhões de euros).

Notícia sobre:

As 11 casas mais estranhas à venda nos EUA (fotos)

Quem está cansado de viver em casas tradicionais tem várias hipóteses de “mudar de vida”. Estas são as 11 casas mais estranhas que estão à venda nos EUA. Há imóveis para todos os gostos, desde mansões que parecem ter sido “sacadas” de um conto dos Smurfs ou do Senhor dos Anéis até ilhas privadas no meio do oceano. E apesar da sua singularidade, não são propriamente baratas: podem chegar aos 35 milhões de dólares (30,2 milhões de euros).
Notícia sobre:

Porque é que o terceiro homem mais rico do mundo continua a viver na mesma casa há 56 anos?

Warren Buffett é a segunda pessoa mais rica dos EUA, desde 2001, e a terceira do mundo. A sua fortuna está avaliada em cerca de 54.400 milhões de euros, mas tem vivido na mesma casa quase a vida toda, uma moradia no Nebraska, que comprou em 1958 por 25.100 euros, que calculando a inflação hoje valeria cerca de 207.500 euros.

Notícia sobre: