Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Prestação da casa vai continuar baixa até final de 2019

Mario Draghi, presidente do BCE. / Twitter
Mario Draghi, presidente do BCE. / Twitter
Autor: Redação

As taxas de juro vão continuar inalteradas pelo menos até 2019, de acordo com o Banco Central Europeu (BCE). Significa isso que as Euribor deverão permanecer em níveis negativos durante os próximos dois anos. Uma boa notícia, portanto, para as famílias portuguesas, que vão continuar a pagar prestações mais baixas no crédito à habitação.

As taxas de juro vão manter-se nestes níveis “por um longo período de tempo, e bem para lá do horizonte de compras líquidas de ativos”, revelou o BCE, após a reunião desta quinta-feira (dia 26 de outubro).

A economista europeia da Capital Economics, Jessica Hinds, acredita que a manutenção dos atuais níveis “bem para lá” do período de compra de ativos deverá reduzir o número de investidores a antecipar uma subida de juros em dezembro de 2018. “Com o BCE a deixar a porta aberta a comprar ativos além de setembro de 2018, há um claro risco de que a primeira subida aconteça depois da nossa atual previsão de março de 2019”, escreveu a economista, citada pelo Negócios.

A Euribor a seis meses, que serve de indexante em mais de metade dos financiamentos para a compra de casa em Portugal, ficou esta quarta-feira (dia 25 de outubro) inalterada pela décima quarta vez consecutiva, nos -0,274% (-0,275 % é o valor mais baixo de sempre). O mesmo aconteceu com a taxa a três meses, que se manteve nos -0,331%.