Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Lisboa tem 100 casas no centro para quem não pode pagar rendas

Creative commons
Creative commons
Autor: Redação

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) vai disponibilizar casa a quem vive no centro histórico da cidade e já não pode pagar renda. No total serão atribuídas, através de concurso, 100 habitações aos moradores que se encontrem em situação vulnerável e de perda de habitação

“A CML vai lançar um concurso direcionado à população que está em situação de perda comprovada de habitação, sem alternativa”, uma população “mais vulnerável em idade e em rendimentos”, disse a vereadora da Habitação e do Desenvolvimento Local, Paula Marques, à Lusa. O município vai “pôr património municipal habitacional à disposição da população”, nomeadamente “100 fogos, 50% dos quais estão já em obra, e o remanescente com empreitada lançada agora no final do ano”, sublinhou a vereadora.

A medida foi aprovada em reunião de câmara e vai abranger quatro freguesias: Santa Maria Maior, São Vicente, Misericórdia e Santo António. Quem pode concorrer? Pessoas que já vivam nestas quatro freguesias, que estejam em situação de perda de habitação e também em situação de rendimentos mais vulnerável.

"Estava à espera que as pessoas tivessem consciência da importância da medida face à situação que vivemos no centro histórico, em que há uma maior pressão do Alojamento Local (AL) e especulação imobiliária. Fico contente que todos os membros da assembleia municipal reconheçam a utilidade da medida", congratulou-se a vereadora, em declarações ao Diário de Notícias (DN).