Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Mercado de arrendamento

Todas as informações sobre o mercado de arrendamento em Portugal. Incluído notícias sobre o mercado de arrendamento de Lisboa ou do Porto ou sobre o mercado de arrendamento social, publicadas em idealista.pt/news.

'Build to rent': projetos em Lisboa e Porto trazem 3.200 novas casas para o mercado

A habitação multifamiliar para arrendamento, também conhecida como 'build to rent', está no radar dos investidores e deverá verificar um crescimento expressivo nos próximos anos em Portugal, de acordo com o “European Multifamily Housing Report", divulgado pela CBRE. Segundo a consultora, estão a ser projetados ou já em licenciamento 12 projetos de desenvolvimento privado em Lisboa e no Porto, no total de 3.200 unidades residenciais.

Notícia sobre:
Casas para arrendar com opção de compra

Casas para arrendar com opção de compra

O arrendamento com opção de compra é uma solução cada vez mais utilizada por quem procura uma casa. Com esta possibilidade, arrendas um imóvel por tempo determinado e decides mais tarde se queres comprá-lo. Esta opção beneficia o vendedor e o comprador. E já são vários os imóveis que podes adquirir desta forma em todo o país.

Notícia sobre:

Bolsa de casas do Estado arranca (para já) com lista de 152 imóveis

Frações autónomas, prédios inteiros ou terrenos para construção. Estes são alguns dos imóveis que irão integrar a nova bolsa de habitação pública criada pelo Governo, no âmbito do Programa de Estabilização Económica e Social (PEES) - já conta com 15 mil casas identificadas como aptas para uso residencial que deverão, depois, ser colocadas no mercado de arrendamento acessível. O primeiro lote de imóveis arranca com 152 propriedades.

Notícia sobre:
Photo by Victoire Joncheray on Unsplash

Rendas das casas travam a fundo no 2º trimestre por causa da pandemia – só subiram 0,2%

No primeiro trimestre de 2020, o valor mediano das rendas dos novos contratos de arrendamento em Portugal subiu 10% face ao período homólogo. Mas com a chegada da pandemia, o ritmo de crescimento travou a fundo, e acabou quase “congelado” no segundo trimestre. De abril a junho, e apesar da variação ser positiva, o valor mediano das rendas fixou-se nos 5,41 euros por metro quadrado (m2), um aumento marginal de apenas 0,2% face ao mesmo trimestre do ano passado.

Notícia sobre: