Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Uma reforma minimalista recupera o esplendor desta casa do século passado

Localizada no bairro valenciano “El Cabañal", que era uma zona de pescadores.

Em Valência
Fachada da casa / Iterare Arquitectos
Autor: Redação

Valência é uma cidade alegre, brilhante e cheia de cores. O facto de ser conhecida como a ciutat de la llum (cidade da luz) é uma demonstração disso mesmo. Provavelmente, o mais conhecido desta cidade mediterrânea são as paellas e as celebrações mundialmente famosas de Les Falles, bem como o fantástico centro histórico de um profundo sabor medieval.

A pouca distância da Ciutat Vella (Cidade Velha) destaca-se um bonito bairro com alguns dos melhores exemplos do modernismo popular do primeiro quarto do século XX. Um estilo que procurou imitar a arquitetura modernista de Barcelona, ​​mas sem os recursos económicos com os quais a burguesia catalã da época podia contar.

Esta peculiar derivação do modernismo refletiu-se nas fachadas das casas, dando-lhes um toque muito especial. Depois de várias décadas, ao longo das quais o bairro sofreu uma deterioração progressiva, o “El Cabañal" converteu-se num lugar da moda entre valencianos e visitantes.

Nesse contexto, algumas empresas de arquitetos e designers colocaram em marcha alguns projetos naquele local. Uma delas é a Iterare Arquitectos, que usou técnicas tradicionais de construção e materiais locais para reabilitar uma casa de 100 anos em Valência com um interior minimalista, chamado Casa de Gigantes.

“Com mais de cem anos, esta casa peculiar encerra nos seus muros alguns dos capítulos mais importantes da história recente do bairro valenciano de El Cabañal. Com uma linguagem contemporânea, a reforma permitiu dotar de novos elementos a estrutura original da típica casa de pescadores. Um sistema de construção tradicional, repleto de luz e materiais leves e naturais, como pedra, cal ou madeira, para transcender qualquer momento passado, presente e futuro ”, referem no seu site.