Notícias sobre o mercado imobiliário e economia
Conteúdo patrocinado

Casas da Colina: vão nascer 8 novas moradias de luxo com jardim no Porto até 2021

O Grupo Vidór iniciou no mês de maio a construção da 4ª fase do empreendimento residencial, que deverá ficar concluído até 30 de setembro de 2021.

Grupo Vidór
Grupo Vidór
Autor: Redação

Com o objetivo de dar resposta à crescente procura no mercado de moradias novas com quatro frentes e jardim no Grande Porto, o Grupo Vidór iniciou no mês de maio a construção da 4ª fase do empreendimento de sucesso Casas da Colina, num total de oito moradias de luxo, com os mais elevados padrões arquitetónicos e construtivos.

A primeira moradia estará pronta para entrega até final de janeiro de 2021 e a totalidade das moradias até 30 de setembro de 2021. A construção será feita pela conceituada empresa Tovisi - Engenharia e Construção, S.A.

As Casas da Colina têm uma localização de excelência, a apenas 200 metros da cidade do Porto, na freguesia de Rio Tinto, na zona do Meiral. As moradias estão inseridas numa zona residencial onde os espaços verdes e sossego são uma realidade absoluta, sem descuidar a proximidade a shoppings, comércio e serviços de rua, assim como dos principais acessos da cidade do Porto. Os acessos à VCI, Mercado Abastecedor, Estádio do Dragão e Praça das Flores distam a poucos minutos de carro.

Obras arrancaram em maio de 2020 / Grupo Vidór
Obras arrancaram em maio de 2020 / Grupo Vidór

A 4ª fase do empreendimento Casas da Colina é composta por oito moradias isoladas com quatro frentes, construídas com acabamentos e materiais de elevada qualidade e uma arquitetura onde a amplitude dos espaços, conforto e funcionalidade foram sempre a preocupação, assim como a eficiência energética das habitações.

4ª fase do empreendimento / Grupo Vidór
4ª fase do empreendimento / Grupo Vidór

Moradias com áreas exclusivas de uso total até 560 m2

Estas moradias distinguem-se pelas grandes áreas, apresentando áreas totais de construção de 264 metros quadrados (m2), tipologia V3 que pode ser transformada em V4, com espaço de jardim exclusivo que varia entre os 195 m2 e 296 m2, totalizando as magníficas áreas de uso total de 458 m2 a 560 m2 por moradia.

No rés-do-chão, com 84 m2, situa-se o hall de entrada principal que faz a distribuição para a cozinha, um quarto, sala de estar, instalação sanitária de serviço, piso superior e cave – também é possível transformar a sala de jantar num quarto independente.

No piso 1, com 85,57 m2, situam-se três quartos, um dos quais uma suite de grandes dimensões com closet e uma varanda, também ela de grande dimensão, voltada para o espaço ajardinado previsto em cada lote e uma instalação sanitária de apoio aos quartos.

Visão geral do exterior / Grupo Vidór
Visão geral do exterior / Grupo Vidór

A cave de 83,91 m2 é destinada a estacionamento automóvel, arrumação ou outras finalidades, possui wc de serviço e tem instalações para uma Kitchenette.

O Grupo Vidór iniciou em maio de 2020 a comercialização em exclusivo das moradias através da Imobiliária do Grupo, a Vidór Real Estate, com stand de vendas no local, e lançou uma campanha de facilidades Vidór para quem pretenda reservar até 30 de agosto.

Sala (imagem ilustrativa) / Grupo Vidór
Sala (imagem ilustrativa) / Grupo Vidór

Plano Troca de Casa Vidór

Entre outras vantagens, o grupo lançou o Plano Troca de Casa Vidór, em que são aceites permutas de imóveis até 70% do valor de compra da moradia, sempre determinadas pela avaliação comercial ao imóvel feita pelos avaliadores Vidór. Desta forma, o cliente interessado pode garantir a compra da sua nova moradia nas Casas da Colina e continuar tranquilamente a viver no conforto do seu imóvel atual, durante a fase de construção, até receber as chaves da nova moradia.

O Grupo Vidór é um conjunto de empresas que se dedicam há mais de 70 anos a comprar, projetar, licenciar, construir, vender e rentabilizar ativos imobiliários em Portugal e no Brasil.

Publicidade