Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Ikea vai baixar preços de 220 produtos e começar a vender painéis solares em Portugal

A sustentabilidade será o foco da cadeia sueca para 2021. Hoje arranca uma campanha de marca neste sentido.

Michaela Quinlan, diretora comercial da Ikea Portugal / Ikea
Michaela Quinlan, diretora comercial da Ikea Portugal / Ikea
Autor: Redação

Mais sustentável, mais acessível e próxima, este será o foco da Ikea em 2021. Em Portugal, a cadeia sueca irá dar continuidade à estratégia de redução de preços, iniciada no ano passado, e vai investir 3,3 milhões de euros para baixar o valor de 220 peças de mobiliário, decoração, arrumação, entre muitos outros, já a partir de 1 de setembro. Do total de produtos que serão alvo desta redução de preço, 43% são soluções mais sustentáveis. Hoje arranca uma campanha da marca para promover estes desígnios. 

“Num ano especialmente difícil para todos, a Ikea quer manter o seu foco em contribuir para que possamos ter acesso a soluções bonitas, sustentáveis e com qualidade nas nossas casas”, explica Michaela Quinlan, diretora comercial da Ikea Portugal, numa nota enviada às redações. Para isso, adianta a responsável, a marca irá continuar a estratégia de redução de preços, “agora em 220 artigos de todas as áreas da casa, com especial atenção nos produtos mais sustentáveis”. “Iremos continuar a trabalhar para oferecer soluções cada vez mais acessíveis e, assim possibilitar uma vida melhor em casa”, acrescenta.

2021 será, de resto, o ano da sustentabilidade. Com várias metas ambientais definidas, a marca diz estar focada em encontrar novas formas de mudar o processo de produção de produtos com o uso de materiais renováveis ou reciclados, em dar uma segunda vida a muitos dos produtos das gamas e a “investir cada vez mais para criar soluções fáceis e acessíveis para inspirar e ajudar as pessoas a viver uma vida mais sustentável”.

Para o próximo ano deverá ainda ser lançado em Portugal o serviço Ikea Home Sola, segundo escreve o ECO. A marca prepara-se, assim, para a venda e instalação de painéis fotovoltaicos para uso doméstico, uma unidade de negócio que a cadeia sueca já tem em nove mercados do mundo. Ana Barbosa, responsável de sustentabilidade da Ikea, disse à publicação que o objetivo é implementar esta solução em todos os 30 mercados Ikea até 2025.

“Entre no ritmo mais sustentável”, o mote da nova campanha

A Ikea lança ainda esta terça-feira, 18 de agosto de 2020, a nova campanha de marca com foco na sustentabilidade. O objetivo, refere a diretora de marketing, Helena Gouveia, citada em comunicado, é “transmitir aos portugueses que com pequenas mudanças, ao seu ritmo, podem ter uma vida melhor em casa”, e que a ideia de fazer mudanças de comportamentos para uma vida mais sustentável não precisa de ser complexa, dispendiosa e morosa.

“Entre no ritmo mais sustentável” será ativada em televisão e canais digitais e é a primeira campanha com criatividade da VIRTUE – a agência selecionada para a nova estratégia “glocal” de posicionamento da marca Ikea – desenhada em conjunto com seis mercados da marca: Portugal, Suécia, Noruega, Finlândia, Dinamarca e Bélgica. Em tempos de pandemia, refere a Ikea, o filme foi produzido e realizado remotamente a partir de Los Angeles, pelo realizador Tim Erem.