Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Transações imobiliárias em 2020: Remax+Grupo Vantagem vendeu 18 imóveis por dia

A marca “encerrou” 2020 com mais de 6.640 transações, das quais 672 se realizaram apenas no mês de dezembro.

Photo by Marcelo Kunze on Unsplash
Photo by Marcelo Kunze on Unsplash
Autor: Redação

Num ano completamente atípico, a Remax + Grupo Vantagem vendeu, em média, 18 imóveis por dia. A mediadora imobiliária “encerrou” 2020 com mais de 6.640 transações, das quais 672 se realizaram apenas no mês de dezembro. Em causa está um crescimento de 5% face ao mesmo período de 2019.

Após um primeiro trimestre de crescimento, o impacto da pandemia “fez-se sentir”, mas diz a marca que “rapidamente se reinventou e adaptou à nova realidade”. De acordo com o comunicado, o terceiro trimestre regista um crescimento de faturação de 41% face ao anterior; já no último trimestre, a marca alcançou o melhor mês de sempre em novembro - do Grupo e do próprio universo Remax em Portugal. O volume de negócios do mês fixou-se 9% acima do melhor anteriormente atingido.

Mesmo nas atuais circunstâncias, no segundo semestre, a marca cresceu 32% em volume de faturação face ao primeiro. Mas o crescimento é transversal já que a gestão de stocks cresceu 21% e as angariações 28%, também face ao primeiro semestre. “Um somatório de patamares atingidos e que permitiram um desempenho ímpar: o Grupo Vantagem transacionou 18 imóveis por dia em 2020”, lê-se no documento. No último mês do ano, o número de angariações supera as 450, sendo que no total de 2020 o total ascende a 6.860.

O departamento de Desinvestimento, refere a marca, “não ficou atrás” e, no “melhor ano de sempre”, transacionou imóveis no valor de 34 milhões de euros, num crescimento de 90% face a 2019. Foram mais de 300 os imóveis transacionados.