Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Paulo Caiado já tomou posse como presidente da APEMIP e quer “dar tranquilidade” ao setor

Sucede no cargo a Luís Lima, que liderou a associação de mediadores durante 12 anos, tendo-se demitido por alegados motivos de saúde.

Remax
Remax
Autor: Redação

A demissão de Luís Lima da presidência da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP), cargo que ocupou durante 12 anos, “empurrou” para a liderança da entidade Paulo Caiado, que já tomou posse como novo presidente da associação. O objetivo passa, no imediato, por “dar tranquilidade e implementar procedimentos”. Paulo Caiado, recorde-se, foi um dos fundadores da Remax, assumindo agora o papel de master franchiser da imobiliária em Minas Gerais, no Brasil, onde opera mais de 30 agências.

Citado num comunicado enviado pela Remax às redações, o responsável elege como prioridades para o mandato a luta pela profissionalização do acesso à atividade imobiliária. “Este é um setor em que são as pessoas a voluntariamente receber formação para melhorar as suas competências, já que a legislação a isso não obriga. Tem de se perceber que não são as empresas que assumem a maior representatividade no setor. Mais representativos são os profissionais que desenvolvem a sua atividade como consultores imobiliários em nome individual ou em regime de prestação de serviços”, defende.

Antes de “ingressar” na Remax, Paulo Caiado passou por Espanha e França no âmbito da sua ligação a uma multinacional do ramo editorial.

De recordar que, conforme noticiámos, deverão ser agendadas eleições no seio da APEMIP tendo em vista a escolha do futuro presidente da entidade, assumindo Paulo Caiado a presidência entretanto.