Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

APEMIP

A Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP) é uma entidade sem fins lucrativos constituída em 2004 que defende e representa os interesses das empresas associadas.

Luís Lima reeleito presidente da CIMLOP para o triénio 2020-2022

Luís Lima foi reeleito, por unanimidade e aclamação, para continuar a dirigir a Confederação da Construção e do Imobiliário dos Países de Língua Oficial Portuguesa (CIMLOP) para o triénio 2020-2022.

Notícia sobre:

Madeira aproveita SIP para anunciar salão imobiliário em maio de 2020

O Salão Imobiliário do Porto (SIP 2019), que decorreu até este domingo na Exponor e teve o idealista como news media partner, foi aproveitado pela Invest Madeira para divulgar a realização, no Funchal, de um evento de características semelhantes em maio de 2020. 

Notícia sobre:

“Lançamento do Programa de Arrendamento Acessível é de louvar”, dizem mediadores

O Governo publicou em DR os limites aos valores que podem ser cobrados no âmbito do Programa de Arrendamento Acessível, que entra a vigor a 1 de julho. Para Luís Lima, presidente da APEMIP, o “lançamento deste programa é de louvar”.

Notícia sobre:

Falta de oferta fez disparar preços das casas, defendem mediadores

Os preços das casas “subiram demasiado em Portugal” por causa da falta de oferta imobiliária. Esta é a posição defendida pelo presidente da APEMIP, Luís Lima, que identifica a falta de mão de obra como o principal problema do setor. 

Notícia sobre:

Preços das casas vão começar a subir também nas periferias

Depois do centro das cidades, as periferias. É nas zonas limítrofes que está agora o maior potencial de valorização das casas, que tem vindo a crescer ininterruptamente. Segundo os especialistas, nos bairros e zonais centrais das duas principais cidades do país os preços já subiram “o que tinham para subir”, atingindo “valores inacessíveis para muitas famílias”. 

Notícia sobre:
Glauco Zuccaccia/Unsplash

Vendidas 500 casas por dia em 2018...

Comprar casa é cada vez mais caro, mas as vendas de imóveis têm disparado ano após ano. Em 2018, o número de transações terá crescido entre 15% e 20%, o que significa que terão sido vendidas cerca de 180 mil casas, mais 25 mil que no ano anterior – e uma média de 500 por dia. Em causa estão estimativas da APEMIP.

Notícia sobre:

Mudanças à vista: preços das casas vão descer em 2019

O imobiliário bateu recordes “nunca antes vistos” em 2018, quer em transações, quer em volume de investimento. A subida de preços foi notória, com os portugueses a ter de “abrir cordões à bolsa” para comprar casa. A dinâmica vai manter-se, mas o equilíbrio será palavra de ordem em 2019. Os preços devem não só estabilizar, como descer, à boleia das novas construções, segundo as previsões dos especialistas.

Notícia sobre:

Mediadores acusam Governo de “ignorar e penalizar a habitação” no OE2019

Os mediadores imobiliários estão “insatisfeitos e preocupados” com os resultados da aprovação do Orçamento do Estado para 2019 (OE2019). Para a Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP), as propostas para a dinamização do arrendamento e promoção de habitação acessível no país ficaram mais uma vez “esquecidas”.

Notícia sobre:

Há uma década que o imobiliário não gerava tanto investimento

Desde 2007 que o setor imobiliário nacional não registava volumes de investimento tão elevados como em 2017. No total, no ano passado foram investidos 24,3 mil milhões de euros, mais seis mil milhões de euros que em 2016, numa variação homóloga de 33,5%. Neste mesmo período, foram transacionados 226.617 imóveis, mais 13,5% do que no anterior. Desde 2008 até 2012 o setor registou sucessivas quebras, tendo começado a recuperar a partir de 2013.

Notícia sobre:

Proprietários e hoteleiros passam a integrar comissão do mercado de arrendamento

A Associação da Hotelaria, da Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) e a recém-criada Associação Portuguesa de Proprietários (APP) passaram a integrar a Comissão de Acompanhamento do Mercado de Arrendamento Urbano (CAMAU), que tem como principal objetivo contribuir para a dinamização do mercado de arrendamento. 

Notícia sobre: