Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

O poder das plantas nas crianças: os benefícios de contactar com a natureza ao ar livre ou em casa

Lidar com plantas é uma fonte de equilíbrio mental e físico. E há várias brincadeiras e atividades que podem fazer-se com os mais pequenos.

Curae
Curae
Autor: Redação

A psicologia infantil há muito que nos dá uma ideia de que o equilíbrio das nossas crianças passa por um contacto sereno com a natureza. Tudo na natureza é movimento e as dinâmicas das nossas crianças facilmente entram em equilíbrio, quando em contacto com o verde que as envolve. Os benefícios são grandes, sejam ao ar livre ou nas nossas casas, tal como explica a Curae, neste artigo preparado para o idealista/news.

Experiências de colocar um feijão no algodão molhado e dedicar algum tempo, todos os dias, a ensinar a criança a observar as suas mudanças, dão à criança o superpoder de intervir na vida da natureza em forma de brincadeira.

O contacto com as plantas é fonte de equilíbrio mental e físico, de ondas positivas que dão à criança o sentimento de que ela própria faz parte da natureza e tem também o poder de a influenciar e se deixar influenciar. Juntando também a este ciclo os nossos animais, temos o ecossistema infantil muito mais completo. Privar uma criança de se relacionar com as plantas é privá-la de ser parte da biodiversidade de que o nosso mundo se veste.

Photo by Jonathan Borba on Unsplash
Photo by Jonathan Borba on Unsplash

Já pensaste em investir em novas brincadeiras com as tuas crianças estimuladas pelas plantas? A Curae deixa algumas ideias de brincadeiras que inclui nos seus workshops para crianças. Os workshops (presenciais ou online), os livros e até a LEGO (com a sua nova coleção de botânica) são excelentes formas de aproximar as crianças desta realidade positiva.

Um regador – Explica às crianças que as plantas, tal como elas, também precisam de beber. Com conta e medida, será muito interessante que as nossas crianças possam brincar com um regador, dando de beber às plantas que precisam disso para se desenvolverem. Também cada criança compreenderá o conceito de cuidar.

Photo by Jonathan Borba on Unsplash
Photo by Jonathan Borba on Unsplash

Um pequeno jardim – Dá a oportunidade à criança de plantar ela própria o seu pequeno jardim. Com um conjunto de vasos e de espécies diversas, procura que batize cada uma, adoptando-as, e que este sentimento de ter um jardim que é seu desenvolva o seu sentido de responsabilidade. Todos os dias, com o pequeno  jardim, também se podem contar histórias de encantar e envolver nelas os pequenos heróis.

Photo by Jonathan Borba on Unsplash
Photo by Jonathan Borba on Unsplash

Um vaso que se pinta – E que tal criar um atelier de pintura ou de colagem? Cada vaso pode ser personalizado pela mão da criança. Na Curae adoramos que cada criança imprima cor e desenho em cada vaso, que passa a ser mais seu por isso mesmo.

E assim ensinamos às nossas crianças o maravilhoso mundo das plantas. Ensinamos-lhes que que são constituídas por raízes, folhas, caule, flores e frutos; que as folhas respiram e fazem a fotossíntese; que as raízes absorvem água do solo, o tronco sustenta a planta e as flores e frutos estão relacionados com a reprodução. Para viver, a planta precisa de fatores externos como água e luz. E cada pequenino ser pode participar neste ciclo de forma maravilhosa. As plantas proporcionam aos pequeninos muitas aprendizagens e muita diversão.