Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Crianças

Últimas notícias sobre "Crianças" publicadas em idealista.pt/news

“Onde Dormem as Crianças”, um livro de contrastes

Algumas crianças nascem e crescem rodeadas de pobreza, sem as condições mínimas de sobrevivência. Outras, mais sortudas, dispõem de todos os luxos e mais alguns. Um contraste que está bem visível nas fotografias tiradas por James Mollison e que constam no livro “Where Children Sleep” (“Onde Dormem as Crianças”).

Notícia sobre:

Celebrar o Dia Mundial da Criança em tempos de Covid-19... com a ajuda da tecnologia

Celebra-se esta segunda-feira (1 de junho de 2020) o Dia Mundial da Criança. Uma efeméride que este ano será festejada de forma diferente por muitas pessoas, devido à pandemia do novo coronavírus. Em tempos de aulas online, de videochamadas por Zoom e de telescola, tecnologia e acesso à internet passaram a ser palavras de ordem. 

Notícia sobre:
Desenhada por crianças

Ikea lança coleção solidária: peluches divertidos desenhados por crianças

Notícia sobre:

Há mais casamentos infantis em Portugal – celebraram-se 113 em 2018

Casaram-se no ano passado 152 pessoas com menos de 18 anos (casamento infantil, segundo a definição da ONU) e celebraram-se pelo menos 113 casamentos em que pelo menos um dos cônjuges era menor de idade. Bem mais, portanto, que os casamentos celebrados quatro anos antes (63).

Notícia sobre:
Um trampolim à beira da piscina

10 ideias de decoração para converter a casa num paraíso para crianças

Notícia sobre:
Para o descanso e para a diversão

Quartos de sonho de qualquer criança: debaixo do mar, num castelo ou barco pirata

Notícia sobre:

Crianças e arquitetura: assim se fazem novas e melhores cidades

As crianças têm uma imaginação sem limites. O idealista/news foi saber de que forma a arquitetura está mais próxima do mundo das crianças e como elas influenciam a arquitetura.

Notícia sobre:

Toys “R” Us Ibéria quer abrir 25 lojas nos próximos cinco anos

A Toys “R” Us Ibéria, que escapou ao efeito de contágio da falência da marca nos EUA e foi adquirida por uma sociedade portuguesa de investimento, a Green Swan, que passou a deter 60% da empresa – os restantes 40% ficam na posse da equipa de gestão –, quer abrir 25 lojas na Península Ibérica nos próximos cinco anos.

Notícia sobre: