Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Mundial 2018: as cidades onde a produtividade no trabalho “sai a perder”...

Statista
Statista
Autor: Redação

Os fãs de futebol vivem ansiosamente os dias em que as seleções dos seus países entram em campo. E a verdade é que os 64 jogos que vão decorrer, ao longo de quatro semanas, vão oferecer muito espaço para distração, especialmente porque muitos desses jogos acontecem durante o horário normal de trabalho.

O efeito potencial do Mundial de Futebol sobre a produtividade no local de trabalho depende, em grande parte, do fuso horário. Os patrões de grande parte da Ásia e da Austrália, mais concretamente das cidades de Tóquio e Melbourne, podem relaxar por causa dos jogos, que só começam à noite. O mesmo não acontece no Brasil. No Rio de Janeiro mais de 60 horas da competição acontecem durante o horário normal de trabalho.