Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Dubai cria comité para combater "crash" imobiliário: preços caíram 27% em cinco anos

Wikimedia commons
Wikimedia commons
Autor: Redação

Se há cidades europeias, como Lisboa, a viver momentos de alta subida dos preços das casas nos últimos anos e se reclamam por novos projetos imobiliários para aumentar a oferta, há zonas do mundo onde se vive um fenómeno exatamente contrário. É o caso do Dubai, a cidade mais luxuosa dos Emirados Árabes Unidos (EAU), onde os preços no setor imobiliário registaram uma queda de 27% em cinco anos, devido ao excesso de oferta imobiliária que contrasta com um crescimento económico lento.

Preocupado, o governo da segunda maior economia do mundo árabe decidiu agora criar um comité imobiliário para combater os desequilíbrios no mercado do Dubai. De acordo com a Bloomberg, o objetivo é o de equilibrar a oferta e a procura imobiliária numa das cidades mais luxuosas do mundo. 

Este orgão ficará, ainda, responsável de elaborar um plano estratégico para todos os projetos imobiliário no Dubai durante a próxima década.

Ao criar este comité, segundo uma mensagem no Twitter do primeiro-ministro Mohammed bin Rashid, o executivo quer evitar a duplicação de projetos, garantir o o seu valor agregado à economia e assegurar que as empresas imobiliárias semigovernamentais “não compitam com o setor privado”.

A S&P Global Ratings, citado pela agência de informação financeira, perspetiva que os preços imobiliários no Dubai deverão cair entre 5% e 10% em 2019.