Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Castelo no Japão com 500 anos e património da UNESCO devastado pelas chamas

Incêndio destruiu ícone da luta e do esforço da região para se recuperar da Segunda Guerra Mundial.

Wikipedia
Wikipedia
Autor: Redação

Símbolo da herança cultural de Okinawa desde a época do Reino de Ryukyu - que se estendeu por cerca de 450 anos, de 1429 até 1879, quando a ilha foi anexada pelo Japão - o Castelo Shuri foi destruído por um incêndio na semana passada. O monumento que é património Mundial da Humanidade, classificado pela UNESCO desde o ano 2000, é também um ícone da luta e do esforço da região para se recuperar da Segunda Guerra Mundial.

O fogo na cidade de Naha teve início no salão principal, Seiden, e terá consumido mais de 4.200 metros quadrados do complexo, de acordo com a emissora NHK. As perdas incluem o Hokuden e o Nanden, duas construções secundárias do complexo, que no total era composto por prédios, templos e jardins divididos em três áreas: uma administrativa, uma cerimonial e uma privada da família real. 

O palácio, tal com recorda a imprensa internacional, foi destruído durante a Batalha de Okinawa, em 1945, mas foi amplamente restaurado em 1992 e abriu depois como um parque nacional orientado para o turismo.