Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Casas por 1 euro na Sicília: iniciativa chega a Caltagirone, património mundial da UNESCO

Além de estimular o repovoamento, o município pretende, sobretudo, preservar e proteger o centro histórico.

Flickr
Flickr
Autor: Flavio Di Stefano

Outro município juntou-se à já extensa lista de localidades que vendem casas por 1 euro na Sicília. No entanto, desta vez não é uma pequena aldeia, mas sim Caltagirone (na província de Catânia), uma verdadeira pérola italiana declarada Património Mundial pela UNESCO. O idealista/news entrevistou Antonio Montemagno, vereador municipal do património.

“Decidimos promover a iniciativa das casas por 1 euro em Caltagirone observando também o que outras aldeias sicilianas fizeram, ainda que nós não sejamos tão pequenos, uma vez que contamos com quase 40 mil habitantes e um belo centro histórico e importante, declarado Património Mundial da UNESCO ".

O principal objetivo do município, aliás, além de estimular o repovoamento, até porque “muitos habitantes preferiram abandonar as suas casas no centro histórico para construir nas novas zonas de expansão”, segundo o vereador do património de Caltagirone, é mais do que tudo proteger o centro histórico.

Muitas das casas nas áreas centrais, de facto, foram recebidas como herança e em muitos casos os herdeiros moram fora de Caltagirone e não têm interesse em gastar dinheiro com a reforma, vendo as habitações até como um fardo devido a impostos e despesas, se permanecerem abandonadas.

Flickr
Flickr

E não se trata apenas disso. “Em caso de desabamento, o que já aconteceu, os proprietários têm responsabilidade civil e criminal, e pela forma como os edifícios estão estruturados, se um falhar, é um perigo para todo o centro”, explica Montemagno.

Daí a ideia do município de atuar como intermediário na venda de casas por 1 euro, dando aos proprietários a oportunidade de se livrarem de um “encargo”, ao mesmo tempo que evitam gastar dinheiro com um bem do qual não retiram rendimento. Ao mesmo tempo, os potenciais compradores podem adquirir uma casa em Caltagirone, no centro histórico, Património Mundial da UNESCO, por um valor simbólico, comprometendo-se a concluir as obras em até três anos após a compra.

“Já existe um regulamento para a manifestação de interesse na venda dos imóveis e, acabado de publicar, recebi de imediato telefonemas de proprietários que pretendem disponibilizar as suas casas para o projeto por 1 euro”. E, em breve, como acrescenta Montemagno, "também será publicado o edital para compradores".

Não há grandes restrições, quem comprar pode usar o imóvel para uso residencial, comercial ou hoteleiro. O responsável admite que o município está aberto a tudo.