Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

14 março 2014

Casas demoram 14 meses a ser vendidas

As casas demoram, em média, 14 meses a ser vendidas. Trata-se, segundo o barómetro mensal Imovirtual Market Index (IMI), de um bom sinal para o setor, já que permite concluir que os imóveis levam agora menos tempo a ser absorvidos pelo mercado. No mercado de arrendamento, as casas demoram quatro meses a encontrar inquilino.

Notícia sobre:

Lisboa: câmara aprova investimento de dois milhões para requalificar Palácio Galveias

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou a proposta do vereador das Obras, Jorge Máximo, para a requalificação e conservação do Palácio Galveias. Ao todo, a autarquia prevê que sejam investidos cerca de dois milhões de euros na requalificação do edifício.

Notícia sobre:

Mais de 800 casas ilegais demolidas este ano

Mais de 800 casas (835) ilegais, construídas na orla costeira, vão ser demolidas este ano, já a partir de maio ou junho. O anúncio foi feito, no Parlamento, pelo ministro do Ambiente e do Ordenamento do Território, Jorge Moreira da Silva, que adiantou serão investidos 16,6 milhões de euros neste processo.

Notícia sobre:

Casas de fim de semana: Abraçar o Tejo na paz de uma Reserva Natural (fotos)

Todas as semanas o idealista News mostra-te uma casa de fim de semana para que possas passar, num sítio especial, estes dois dias (ou mais) de descanso. Desta vez ficamos pelo centro do país para conhecer uma extraordinária propriedade rural localizada em plena Reserva Natural do Escaroupim.
Notícia sobre:

Fisco multa primeiro as empresas e só depois os seus gestores

As empresas que tenham de pagar multas fiscais devem fazê-lo com dinheiro ou património da entidade e só depois, caso não exista financiamento para tal, deve ser responsabilizado o gerente ou administrador. Em causa está a nova regra de reversão de coimas fiscais.

Notícia sobre:

Vencedores do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana conhecidos dia 20

Os vencedores do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana serão conhecidos dia 20 de março, durante um jantar de gala que se realizará na Sala do Risco, no Pátio da Galé (Terreiro do Paço), em Lisboa, um evento que será integrado na agenda da Semana da Reabilitação Urbana Lisboa 2014.

Notícia sobre:

Austeridade: rendimento dos mais ricos caiu 10% e dos mais pobres 5%

A austeridade deixou marcas no País. Segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI), Portugal foi uma das nações que aplicou medidas de austeridade com um carácter mais progressivo, ou seja, penalizou mais as famílias com maiores rendimentos (cortes de 10%) que as famílias que menos ganham (cortes de 5%).

Notícia sobre:

Consumidores passam a poder mudar de fornecedor de gás as vezes que quiserem

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) quer agilizar o mercado liberalizado do gás natural e, nesse sentido, a partir de abril, as empresas passam a ter um prazo de três semanas para instalar o gás em casa dos consumidores e estes passam a poder mudar de fornecedor as vezes que pretenderem.

Notícia sobre:

Radiografia do dia: Top dez do ranking FIFA

Portugal manteve a quarta posição no ranking da FIFA, que continua a ser liderado pela Espanha, campeã mundial e bicampeã europeia. Como podes ver na imagem em cima, em março, os cinco primeiros lugares da hierarquia não sofreram qualquer alteração. De referir que a Bélgica entrou no “top ten”, ocupando agora o décimo lugar, quando em abril era 11ª classificada.

Notícia sobre:

As casas da semana

Às sextas-feiras o idealista News mostra-te três casas especiais que estão anunciadas no idealista.pt. São casas bonitas, com arquiteturas diferentes e localizações únicas, que estão à venda no portal e que podes "visitar" apenas com um clique. Estas são as casas da semana:

Notícia sobre:

Rumores

Fundador do Facebook queixa-se a Obama sobre “vigilância” da NSA: O fundador da rede social Facebook telefonou a Barack Obama para se queixar da “ameaça” que representa para a Internet as práticas do Governo dos EUA, numa altura em que se multiplicam as revelações sobre os vastos programas de espionagem. Num “post” que publicou na sua página pessoal no Facebook, Mark Zuckerberg disse que telefonou a Obama para exprimir a sua "frustração perante os prejuízos criados pelo governo". (Jornal de Negócios)

Notícia sobre: