Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Passaporte Covid (em app ou papel) deve chegar em junho – testes arrancam este mês

Terá de ser aprovada uma legislação comunitária, o que deverá acontecer nos próximos meses.

Comissão Europeia
Comissão Europeia
Autor: Redação

Os Certificados Verdes Digitais (CVD), também conhecidos como passaportes Covid europeus, estão já a ser finalizados do ponto de vista técnico pela Comissão Europeia (CE), sendo que a partir de junho, assim que a legislação estiver aprovada, podem começar a ser postos em prática em cada país. Trata-se de uma ferramenta que dará acesso – por app ou papel – à informação de cada cidadão sobre se já foi vacinado, resultados de testes ou se recuperou da Covid-19.

Segundo o Dinheiro Vivo, que se cita fontes comunitárias, os testes à plataforma base (escalável pelos países, segura e em ‘open source’) que vai permitir que todo o sistema dos CVD funcione começam já a ser feitos em maio, estando Portugal está no segundo grupo de países que terá testes a decorrer ainda este mês.

Para que tudo funcione a nível europeu a tempo do verão, permitindo simplificar o acesso à informação de cada cidadão para facilitar as deslocações entre países, existem três plataformas para este ecossistema que está agora a ser criado antes dos últimos pormenores legislativos. São eles a app para os cidadãos, a app de verificação (para as

Comissão Europeia
Comissão Europeia
entidades competentes) e o sistema para passar os certificados, escreve a publicação.

Os passaportes covid europeus são gerados quando os cidadãos os pedem e fazem uso dos sistemas de informação já existentes do Serviço Nacional de Saúde de cada país onde já estará o registo de quem foi vacinado, testado ou teve Covid. Em alguns países da UE serão emitidos automaticamente, ou seja, não é necessário qualquer pedido – este não deve ser, no entanto, o caso de Portugal.

As pessoas terão depois acesso ao certificado em papel ou no formato digital (na app), podendo mostrá-lo sempre que as autoridades com apps para os ler os solicitam. De referir que o código QR gerado contém informações essenciais, bem como um selo digital, para garantir a autenticidade do certificado.