Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Imobiliário Reino Unido

Últimas notícias sobre "Imobiliário Reino Unido" publicadas em idealista.pt/news

Facebook resiste ao Brexit e abre nova sede em Londres

Muitas multinacionais e bancos têm vindo a dar a conhecer a intenção de abandonar o Reino Unido, e sobretudo Londres, depois do Brexit. Mas o Facebook (a par da Google, por exemplo) não faz parte da lista dos "incomodados" com a decisão dos britânicos abandonarem a Comunidade Europeia (CE) e decidiu, inclusivamente, abrir uma nova sede na capital inglesa no próximo ano.

Notícia sobre:

Vitória de Trump terá efeitos positivos para mercado imobiliário em Portugal

A vitória de Donald Trump como presidente dos EUA terá implicações diretas no mercado imobiliário internacional, com consequências positivas em todo o mundo, nomeadamente em Portugal. Esta é a convicção de vários especialistas em imobiliário ouvidos pela publicação internacional Property Wire, que antecipam um maior investimento em imobiliário por parte dos americanos em mercados alternativos ao dos Estados Unidos.

Notícia sobre:

Comprar casa em Londres nunca foi tão caro...

Comprar casa em Londres (Reino Unido) é cada vez mais caro. Esta é, de resto, uma tendência que parece ter vindo para ficar. Em fevereiro, por exemplo, o valor pedido pelos imóveis subiu 5,4% na área metropolitana, ou seja, em média uma casa na capital britânica custa 643,8 mil libras (829 mil euros), o montante mais elevado de sempre.

Notícia sobre:

Tomar banho e o pequeno almoço ao mesmo tempo? Em Londres é comum o duche estar na cozinha

Um apartamento mínimo foi colocado no mercado para arrendar em Londres, com um chuveiro construído na cozinha, por 347 libras (cerca de 475 euros), um preço razoável na capital inglesa que é uma das cidades mais caras do mundo. E este insólito anúncio não é, porém, uma raridade no mercado imobiliário londrino, onde é cada vez mais habitual encontrar este tipo de ofertas.
Notícia sobre:

Reino Unido: Cameron quer que 1,3 milhões de pessoas tenham desconto na compra de casa

O primeiro-ministro britânico David Cameron mostrou-se a favor do “direito à compra de casa”. Nesse sentido, anunciou que vai permitir a aquisição de uma habitação com um desconto substancial a 1,3 milhões de pessoas.

Notícia sobre:

A “mansão” mais pequena do mundo está à venda em Londres por 350.000 euros (fotos)

O mercado imobiliário londrino continua a dar que falar. Em causa está, desta vez, a venda da “mansão” mais pequena e cara que se pode encontrar no mundo. Trata-se de uma pequena casa com apenas 17,5 metros quadrados (m2) que se encontra no mercado por… 350.000 euros.

Notícia sobre:

Londres: Gherkin tem mais de 200 interessados

Um dos edifícios mais emblemáticos de Londres, o Gherkin (“Pepino”), que está à venda por mais de 800 milhões de euros, tem muitos interessados. O arranha-céus de 40 andares, o sétimo mais alto da cidade (180 metros), está em liquidação desde abril e está a atrair a atenção sobretudo de estrangeiros.

Notícia sobre:

Reino Unido: preço das casas aumentou 10,4% num ano

O preço das casas no Reino Unido aumentou 10,4% em junho face ao mesmo mês do ano passado, de acordo com o instituto nacional de estatísticas britânico. Comparativamente com o mês anterior, maio, os preços subiram em média 0,5%. Londres foi a cidade onde se registou a maior subida, apesar de se ter verificado um aumento dos preços da habitação em quase todo o país.

Notícia sobre:

Radiografia do dia: Preço das casas no Reino Unido face a 2007/2008

Este gráfico indica a diferença de preços praticada atualmente no setor imobiliário no Reino Unido face a 2007/2008. Segundo dados da consultora Savills, os preços das casas em Londres aumentaram bastante nos últimos anos, mais de 20% no centro da cidade.

Notícia sobre:

Londres: “desaparecem” lojas e cafés e abundam agências imobiliárias

Os sinais da existência de uma bolha imobiliária no Reino Unido são evidentes. A última prova disso mesmo é a abertura desenfreada de agências imobiliárias e aumento de profissionais a trabalhar no setor. Uma situação que está a prejudicar o comércio em Londres, já que muitas ruas da cidade começam a ficar despidas de lojas e cafés.

Notícia sobre: