Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Preço habitação

Últimas notícias sobre "Preço habitação" publicadas em idealista.pt/news

Preço das casas no Centro Histórico de Lisboa subiu 19% em 2016

O preço das casas no Centro Histórico de Lisboa subiu 10% no segundo semestre de 2016 face ao semestre anterior, uma tendência que já se tinha verificado nos primeiros seis meses do ano, quando a valorização semestral tinha sido de 8%. No total do ano 2016, o preço dos imóveis subiu 19% quando comparado com o ano anterior.

Notícia sobre:

Preços das casas estão a subir em Portugal mas ainda são dos mais baixos da Europa

Portugal é um dos países europeus onde é mais barato comprar casa. O preço médio da habitação no país ronda os 1.963 euros por m2, tendo subido cinco pontos no ranking desde 2013, ano que este valor se situava nos 1.741 euros por m2. Em causa estão dados que constam num estudo da APEMIP, que se baseia em dados do portal imobiliário Property Guide.

Notícia sobre:

Vendem-se mais casas em Portugal e preços disparam

Nos primeiros três meses do ano, o preço das casas aumentou 6,9% face ao mesmo período do ano passado. Trata-se da taxa mais elevada verificada desde o último trimestre de 2013, momento a partir do qual se iniciou um período de acréscimos sucessivos dos preços da habitação. De referir que também estão a ser vendidas mais casas, tendo sido transacionados 29.464 alojamentos no primeiro trimestre.

Notícia sobre:

Preço das casas subiu 1,2% no primeiro trimestre

Os preços das casas em Portugal continental aumentaram 1,2% nos primeiros três meses de 2016 face ao trimestre anterior, segundo resultados provisórios que constam no Índice de Preços Residenciais Confidencial Imobiliário (Ci) referentes a março.

Notícia sobre:

Em dez casas vendidas, duas são novas e oito usadas

Os portugueses continuam a preferir comprar casa em vez de arrendar. Esta é uma tendência que se mantém, apesar do mercado de arrendamento ter ganho maior expressão nos últimos tempos. A diferença, agora, é que estão a ser transacionadas menos casas novas: em 10 imóveis vendidos, só dois estão por estrear, menos um que antes da chegada da Troika, em 2011.

Notícia sobre:

Casas portuguesas estão 5,9% mais caras que há um ano

Comprar casa em Portugal é hoje mais caro que há um ano. Segundo dados do Eurostat, no segundo trimestre do ano passado, o preço das habitações subiu 5,9% face ao período homólogo. Quando comparado com os primeiros três meses deste ano, os imóveis encareceram 1,6%.

Notícia sobre:

Preço das casas em Portugal sobe 4% num ano

Comprar casa em Portugal é hoje mais caro que há um ano. Dados do Eurostat revelam que o preço das habitações no país subiu 4% no primeiro trimestre do ano face ao período homólogo. Quando comparado com os três meses anteriores – outubro, novembro e dezembro de 2013 –, os preços aumentaram 1,3%.

Notícia sobre:

Habitação: preços sobem há seis meses

Comprar casa é mais caro hoje do que há seis meses, já que o preço das habitações subiu pelo segundo trimestre seguido. Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), entre janeiro e março deste ano, “o Índice de Preços da Habitação (IPHab) registou um aumento de 4%” face ao período homólogo. Trata-se de uma taxa superior em 3,4% face à variação homóloga registada no último de 2013.

Notícia sobre:

Preço das casas começa a estabilizar em 2014

O preço das casas em Portugal deverá começar a estabilizar ainda em 2014, na sequência de alguma melhoria económica (por enquanto modesta), antecipa a agência de notação financeira Standard & Poor's (S&P). “Estimamos que os preços podem aumentar 0,5% em 2014 e 1% no ano seguinte, depois de terem caído 3% em 2013”, concluiu a S&P, no último relatório sobre o mercado imobiliário em vários países europeus.

Notícia sobre:

Preço das casas desce 0,6% num ano

No quarto trimestre do ano passado, o preço das casas em Portugal subiu 1,4% face aos três meses anteriores (período entre julho e setembro), mas desceu 0,6% quando comparado com os últimos três meses de 2012. A diminuição homóloga é inferior à registada na média dos países da Zona Euro (-1,4%), mas superior à da União Europeia (UE) – preços desceram 0,1%.

Notícia sobre: