Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Preços de casas

Últimas notícias sobre "Preços de casas" publicadas em idealista.pt/news

Estados e Capitais

Portugal é o 11º país do mundo onde mais subiu o preço das casas

A nível global está a registar-se um abrandamento no custo da habitação, mas na Europa e na Ásia os preços continuam em alta. Esta mesma tendência verifica-se em Portugal, que subiu para o 11º lugar do ranking mundial - num total de 45 países analisados - até ao terceiro trimestre de 2018, com um aumento de 1.95% (ajustado à inflação), face ao período homólogo.

Notícia sobre:
Ehud Neuhaus/Unsplash

Banco de Portugal admite sobrevalorização nos preços das casas

O BdP reconhece que, nos trimestres mais recentes, têm-se registado sinais de sobrevalorização dos preços do imobiliário residencial em termos agregados, mais acentuados nas cidades de Lisboa, Porto e Faro. Esta evolução resulta da forte dinâmica do turismo e do investimento direto por não residentes, bem como da recuperação da economia portuguesa, que contribuiu para a melhoria da perceção dos investidores nacionais e internacionais.

Notícia sobre:

OCDE descarta bolha imobiliária em Portugal e explica porquê

Notícia sobre:

Portugal regista terceira maior subida de preços da habitação na Europa

Depois da Eslovénia (13,4%) e da Irlanda (12,6%), foi Portugal o país que viveu a maior subida de preços da habitação (11,2%) no segundo trimestre deste ano, face a igual período de 2017. Tanto na zona euro como na União Europeia (UE), os custos de uma casa subiram 4,3%, face ao período homólogo, segundo os dados mais recentes do Eurostat. 

Notícia sobre:
A região Norte, a segunda com o maior número de transações (29,1%), ultrapassou pela primeira vez o limiar das 13 000 transações / Gtres

Vendem-se mais casas usadas que novas (e preço está a subir o dobro)

As casas têm vindo a subir constantemente em Portugal e o aumento médio nacional dos preços é, sobretudo, mais significativo nas habitações usadas, ainda que os imóveis novos também estejam mais caros e se vendam cada vez mais. No total, o valor das vendas no segundo trimestre deste ano atingiu os 6,2 mil milhões de euros, mais 34,9% do que no mesmo período de 2017. Tudo isto (e muito mais que te contamos agora) mostram os dados mais recentes do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Notícia sobre:
Gtres

Casas em empreendimentos novos na Baixa do Porto custam o dobro da ribeira de Gaia

Os preços de venda das casas em empreendimentos novos, localizados na baixa do Porto, chegam a custar o dobro das frações com características semelhantes, localizadas na ribeira de Gaia.

Notícia sobre:

Escalada dos preços das casas ameaça economia portuguesa, avisa FMI

O mercado imobiliário em Portugal constitui um perigo para o sistema financeiro e para as economia nacional e europeia. O aviso é dado pelo FMI, no mais recente relatório sobre a Zona Euro. No panorama nacional, várias entidades, tais como o Banco de Portugal e a CMVM, têm vindo a fazer soar os alarmes no mesmo sentido.

Notícia sobre:

Casas na capital vendidas até 35% acima da avaliação bancária

As casas na zona da Grande Lisboa estão, de uma forma geral, a ser comercializadas acima das avaliações bancárias - que servem de referência aos contratos de crédito à habitação. No total, há 18 municípios em que se verifica este cenário, chegando o preço de venda a superar em até 35% o valor dado pelos bancos aos imóveis, segundo uma análise da Proteste Investe.

Notícia sobre:
CMVM

CMVM preocupada com sustentabilidade do mercado imobiliário em Portugal

Aumento pronunciado dos preços dos imóveis em Portugal nos últimos anos, acima das rendas associadas e dos rendimentos das famílias, motiva alerta do regulador dos mercados financeiros. CMVM diz que política monetária do BCE e baixas taxas de juros, a par do interesse dos investidores internacionais, explicam este contexto.

Notícia sobre:
Creative commons

Já há sinais de sobrevalorização das casas, avisa Banco de Portugal, e explica porquê

O Banco de Portugal começa a dar alertas sobre os preços das casas, dizendo que estão a haver sinais de sobrevalorização no imobiliário residencial, sobretudo devido ao investimento de estrangeiros - mais do que à concessão de crédito. E avisa que a duração e a rapidez do crescimento do custo dos imóveis colocam em risco a estabilidade financeira do país.

Notícia sobre: