Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Turismo a recuperar? Preços dos alojamentos já superam níveis de 2019

Há sinais de recuperação no setor: no Alentejo, Algarve, Centro e Madeira, o preço médio por noite ultrapassa o registado em 2019.

Autor: Redação

O turismo foi, definitivamente, um dos setores mais afetados pela pandemia da Covid-19, sendo que os indicadores relativos ao número de hóspedes e de dormidas em Portugal continuam ainda a estar muito abaixo (mais de 70%) dos verificados em 2019, ou seja, no período pré-pandemia. Há, no entanto, um indicador que, em algumas regiões, já supera o que se verificava em 2019: o preço médio por noite nos alojamentos. Em causa estão as regiões do Alentejo, Algarve, Centro e Madeira. 

Segundo o Jornal de Negócios, que se apoia em dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), no Alentejo, por exemplo, os valores praticados em junho deste ano no setor do alojamento turístico superam em mais de 20% os que se verificavam em 2019.

A publicação adianta ainda que a partir de junho deste ano a recuperação face ao ano passado já é notória, apesar dos números ainda estarem “muito aquém da normalidade”. 

No primeiro semestre do ano, os alojamentos turísticos nacionais receberam cerca de 3,6 milhões de hóspedes, responsáveis por 8,17 milhões de dormidas, escreve o Jornal de Negócios, acrescentando que os valores são cerca de 20% inferiores aos do ano passado, mas 70% superiores comparativamente com o primeiro semestre de 2019.

No Alentejo e no Algarve, os proveitos totais do alojamento turístico mantêm-se abaixo de 2019, mas, nos primeiros seis meses do ano, há um aumento expressivo, próximo de 40% em ambas as regiões, face ao ano passado.