Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Crédito à habitação: avaliação bancária das casas atinge valor mais baixo desde há um ano e meio

Autor: Redação

O valor médio de avaliação bancária caiu em outubro, pelo segundo mês consecutivo, para os 1.014 euros por metro quadrado (m2). Trata-se de uma diminuição de 1,5% face ao valor observado no mês anterior, 1.029 euros por m2, segundo o Instituto Nacional de Estatísticas (INE). E corresponde bem como à maior descida mensal, em termos percentuais e absolutos, registada desde março do ano passado. É também o preço médio de avaliação mais baixo desde junho de 2013.

A avaliação bancária dos imóveis é um dado importante para quem pretende adquirir casa com recurso ao financiamento bancário. É com base no rácio entre o valor empréstimo e o valor do imóvel, que corresponde ao rácio LTV (loan-to-value ratio), que os bancos decidem o montante do financiamento a conceder

Depois de os bancos terem chegado a financiar até 100% do valor dos imóveis durante o apogeu do crédito à habitação, atualmente, na melhor das hipóteses, financiam com base num LTV máximo de até 80%.

Por regiões, o Norte foi a única que registou uma variação homóloga positiva (1,8%). A diminuição do valor agregado foi, em grande medida, influenciada pelos imóveis nas regiões de Lisboa e do Algarve, com valores médios de avaliação de 1.221 euros por m2 e 1.242 euros por m2, respetivamente. Há um ano – em outubro de 2013 –, a avaliação bancária nas regiões de Lisboa e Algarve tinha sido de 1.229 euros por m2 e 1.298 euros por m2, respetivamente.