Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Avaliação bancária

Últimas notícias sobre "Avaliação bancária" publicadas em idealista.pt/news

Avaliação bancária de casas atinge novo máximo – 1.272 euros por m2

Na hora de pedir um crédito habitação para comprar casa, um dos passos a dar passa mesmo pela avaliação bancária do imóvel. E o que os dados mais recentes do Instituto Nacional de Estatística (INE) nos dizem é que o número de avaliações realizadas subiu 5,7% em novembro em relação a outubro, chegando às 29.612. E também o valor mediano de avaliação bancária de casas alcançou os 1.272 euros por metro quadrado (euros/m2), tendo aumentado 1,7% face a outubro (1.251 euros/m2). Este é mesmo o valor mais alto desde que há registos contabilizados pelo gabinete de estatística português.

Notícia sobre:
Crédito habitação em Portugal

Crédito habitação: oferta do Abanca com taxa fixa a partir de 1,40%

Notícia sobre:

Avaliação bancária de casas sobe em flecha – já está em 1.251 euros/m2

Sempre a subir. É desta forma que se pode explicar o que está a acontecer com o valor mediano da avaliação bancária de casas, utilizada para efeitos de concessão de crédito habitação. Em outubro, fixou-se nos 1.251 euros por metros quadrado (€/m2), mais 15 euros que em setembro (1.236 €/m2) e mais 120 euros que no período homólogo (1.131 €/m2). A última vez que desceu foi em março de 2020, encontrando-se atualmente no valor mais alto desde que há registos no Instituto Nacional de Estatística (INE). Clica neste link para saberes o que é a avaliação da casa no crédito habitação.

Notícia sobre:

Avaliação imobiliária em Portugal: “Há muitas oportunidades para melhorar”

Portugal está, pela primeira vez, representado no Conselho de Administração do TEGOVA, o maior e mais importante grupo europeu de associações de avaliadores de imóveis. Este foi o mote para a entrevista realizada com Paulo Barros Trindade, presidente da direção da ASAVAL (Associação Profissional das Sociedades de Avaliação), que foi eleito, por um período (renovável) de três anos, como membro da administração do TEGOVA. “Há diferenças importantes na forma como as avaliações são efetuadas nos diferentes países europeus”, diz ao idealista/news, salientando que “há muitas oportunidades para tentar melhorar a prática da avaliação imobiliária” em Portugal.

Notícia sobre:

Avaliação bancária de casas volta a subir – está em 1.236 euros por m2

O valor mediano pelo qual os bancos avaliam as casas para efeitos de concessão de crédito habitação tem vindo a subir nos últimos tempos – a última vez que desceu foi em março de 2020 –, e em setembro de 2021 a tendência manteve-se, tendo aumentado para 1.236 euros por metro quadrado (m2), mais 15 euros que em agosto (1.221 euros por m2). Em termos homólogos, o valor mediano de avaliação bancária disparou 9,6%, ou seja, cresceu 108 euros num ano. Em causa estão dados divulgados esta quarta-feira (27 de outubro de 2021) pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Clica neste link para saberes o que é a avaliação da casa no crédito habitação.

Notícia sobre:

Avaliação bancária de casas mantém-se em níveis históricos – 1.221 euros por m2

A avaliação bancária das casas para efeitos de concessão de crédito à habitação tem vindo a subir nos últimos meses, atingindo valores históricos. Em agosto, no entanto, manteve-se nos 1.221 euros por metro quadrado (m2) registados em julho. Trata-se, ainda assim, de um aumento homólogo de 8,2%, segundo o INE.

Notícia sobre:

Avaliação bancária de casas sempre a subir – atinge 1.215 euros por m2

A escalada do valor mediano de avaliação bancária das casas para efeitos de concessão de crédito à habitação parece não ter fim à vista. Em junho de 2021, fixou-se em 1.215 euros por metro quadrado, tendo aumentado três euros face a maio e 97 euros face ao período homólogo, segundo dados do INE.

Notícia sobre:

Novo Banco: relator recomenda análise a abusos no IMT e rotação de avaliadores

O relator da comissão parlamentar de inquérito ao Novo Banco, Fernando Anastácio (PS), recomendou que o Governo analise os riscos de abusos no IMT e uma maior rotação de avaliadores imobiliários, na sequência dos problemas detetados na instituição financeira.

Notícia sobre:

Avaliação bancária de casas em máximos – está nos 1.212 euros por m2

O valor mediano de avaliação bancária das casas para efeitos de concessão de crédito à habitação está a subir desde outubro, tendo aumentado para 1.212 euros por m2 em maio.

Notícia sobre: