Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Crédito à habitação: prestação desce para mínimo histórico em agosto

Gtres
Gtres
Autor: Redação

A prestação da casa vai descer em agosto para mínimos históricos para todos os contratos de crédito à habitação revistos em agosto. A mensalidade a pagar ao banco pelo empréstimo contraído para a compra de casa cai em todos os prazos – para quem tem o crédito indexado às taxas Euribor a três, seis e 12 meses – entre 0,3% e 4,4%.

Segundo o Diário Económico, a maior redução é refletida nos empréstimos indexados à Euribor a 12 meses, que é, no entanto, a menos usada para efeitos de crédito à habitação. Por um empréstimo de 100.000 euros a 30 anos com um spread de 1%, a prestação a pagar no próximo mês desce 4,4%, para 329,67 euros (menos 15 euros que os 344,54 euros definidos há um ano).

No caso da Euribor a seis meses, a mais comum em Portugal, quem tiver o contrato revisto em agosto terá uma redução na prestação de 1,5%, com esta a fixar-se nos 323,9 euros, menos 4,77 euros que há seis meses.

Já na Euribor a três meses, e partindo do mesmo cenário traçado em cima, a prestação vai descer 0,3%, com o valor a estabelecer-se nos 320,81 euros. Em compensação, essas famílias são as únicas que vão beneficiar de uma taxa de juro inferior ao valor do spread, escreve a publicação.