Notícias sobre o mercado imobiliário e economia
Conteúdo patrocinado

Banco CTT em nova campanha: crédito à habitação “sem ais nem uis”

Autor: Redação

O Banco CTT tem em curso a sua segunda campanha publicitária relacionada com crédito à habitação. “Crédito Habitação Sem Ais Nem Uis” é o mote escolhido, um conceito que reflete o posicionamento da instituição enquanto parceira dos seus clientes e dá continuidade à estratégia de simplicidade, transparência e competitividade de toda a sua oferta.

Para quem procura um empréstimo para comprar casa, isto traduz-se num spread reduzido, sem aumento de comissões e na simplicidade das condições de acesso. A campanha brinca com a saga de adversidades e burocracias que é encontrar o melhor crédito à habitação. No Banco CTT é simples, sem ais nem uis.

O que oferece o Banco CTT

No Banco CTT não há custos escondidos, subscrição de produtos extra ou aumento de comissões. Só é preciso domiciliar o ordenado numa conta sem comissão de manutenção, fazer um Seguro de Vida Habitação e um Seguro Multirriscos Habitação no banco para ter um spread reduzido. Assim, sem mais ais nem uis.

Entre as condições oferecidas no Crédito Habitação do Banco CTT, além do spread reduzido, está o empréstimo com rácio máximo de financiamento/garantia de 80% (pressupõe entrada efetiva de capitais) e um prazo de financiamento de 10 a 40 anos (com idade máxima dos proponentes de 75 anos na data de maturidade do contrato).

Tens ainda garantido o acompanhamento de uma equipa próxima e da App Casa BCTT (disponível para IOS e Android) que te irão guiar em todos os passos até à entrada na nova casa.

Outra possibilidade prevista é a mudança de crédito de outra instituição financeira para o Banco CTT, com poupança na transferência. O Banco CTT paga até 0,5% do montante de crédito transferido e reembolsa as comissões de abertura de processo e formalização, após contratação do crédito (oferta para montantes transferidos em valor igual ou superior a 50.000 euros e para transferências formalizadas até 31 de dezembro de 2017).

Um caso prático

Tens abaixo um exemplo, mas o melhor mesmo é simulares aqui o teu empréstimo.

A TAE e TAER é de 1,788% para, por exemplo, um financiamento de 150.000 euros a 30 anos, à TAN de 1,144% (Euribor a 12 meses de agosto de 2017 e spread de 1,300%, pressupondo a domiciliação de ordenado e a subscrição do Seguro Vida e Seguro Casa no Banco CTT) para um titular com 30 anos e financiamento/garantia de 65%. A comissão de reembolso antecipado de 0,5% é acrescida de Imposto de selo. A TAE é calculada de acordo com D.L. nº 220/94 de 23/08.