Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Deutsche Bank vende negócio de retalho em Portugal ao espanhol Abanca

Autor: Redação

O Deutsche Bank anunciou que chegou a acordo para vender o seu negócio de retalho em Portugal ao banco espanhol Abanca. Quer isto dizer que o banco galego comprou o negócio comercial de particulares (balcões) ao banco alemão, que continuará, no entanto, no país, mas apenas com o segmento de empresas de investimento.

A transação, cujo valor não foi revelado, ainda está sujeita à aprovação das autoridades europeias, “entre outras condições operacionais”, revela o Deutsche Bank em comunicado. “Ambas as partes estão empenhadas na conclusão da transação no primeiro semestre de 2019”, lê-se no documento.

Em causa está a venda da unidade de banca de particulares do Detsche Bank PCC em Portugal, que conta “com uma carteira de crédito de 2.400 milhões de euros, 1.000 milhões em depósitos e 3.100 milhões de euros em ativos sob gestão, números que elevam o volume de negócios para 6.500 milhões de euros”, refere o Abanca em comunicado.  

Segundo a entidade, a operação “faz parte da estratégia internacional do Abanca de crescer em mercados e segmentos complementares ao seu projeto”. 

A rede comercial adquirida pelo Abanca conta com 41 centros localizados na sua maioria em Lisboa e Porto. Desta forma, o banco espanhol reforça (e muito) a presença em território nacional. “A aquisição permitirá ao Abanca reforçar a presença em Portugal (quatro balcões até à data) e permitirá melhorar a sua capacidade para negócios estratégicos para a entidade, como a banca de particulares e privada”, conclui o Abanca. 

De referir que o Deutsche Bank “vai manter uma presença em Portugal, através da sucursal Deutsche Bank Portugal, que desenvolverá atividade ao nível da banca corporativa e de investimento, incluindo Global Transaction Banking, prestando serviços bancários às empresas nacionais e estrangeiras, instituições financeiras, ao Estado e demais entidades públicas”, refere o banco alemão.