Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Como procurar um empréstimo para a casa em pleno confinamento?

Com muitos bancos fechados e os clientes metidos em casa por causa do Covid-19, a tecnologia é a resposta. Explicamos tudo neste guia.

Photo by Glenn Carstens-Peters on Unsplash
Photo by Glenn Carstens-Peters on Unsplash
Autor: Redação

O coronavírus parou praticamente o país. Faz hoje duas semanas que foi decretado o estado de emergência em Portugal por causa da pandemia, a 18 de março de 2020, e o Presidente da República prepara-se para renovar o período. Neste contexto de confinamento, como se pode então procurar e gerir o pedido de um crédito à habitação? A tecnologia é, neste caso, o melhor dos aliados. A quarentena forçada é, aliás, um bom momento para ir adiantando uma boa parte de todo o processo, desde casa.  

Como explicam desde o idealista/creditohabitacao, estes são os três passos a dar para começar a procura de um empréstimo para a compra de casa em plena crise do Covid-19:

  • 1. Realizar simulações

Existem simuladores online que permitem ter uma ideia do montante que se pode solicitar, qual será a prestação mensal, como varia o valor se a Euribor subir ou descer, em que prazo se pode amortizar o empréstimo, que gastos implica a compra de uma casa.... em resumo, entender qual o crédito à habitação que faz sentido para cada um.

  • 2.Comparar ofertas

O segundo passo é comparar online as ofertas dos diferentes bancos para conhecer as condições que oferecem. Nesse sentido, o conselho é prestar atenção às bonificações oferecidas por cada entidade, em troca da contratação de produtos adicionaispara, em contrapartida, dar juros mais competitivos (por exemplo, domiciliar o salário, contratar seguros....), ou as diferenças entre ofertas a tipo fixo, misto ou variável.

  • 3. Iniciar o pedido de estudo do crédito à habitação

Apesar de que muitas sucursais de bancos fecharam os serviços de atendimento ao público, idealista/creditohabitacao recorda que os bancos continuam a fucionar com certa normalidade e atendem consultas dos utilizadores de forma remota. Alías, muitos têm processos online para iniciar os pedidos de empréstimos bancários.

Outra opção é utilizar o serviço de intermediário de crédito que possa gerir o processo do empréstimo online com muitos bancos ao mesmo tempo (optando por procurar de preferência aqueles que não cobram nenhuma comissão, nem exigem compromissos pela tua parte). Estes profissionais especializados no tema podem estudar o teu perfil e resolver todas as tuas dúvidas. Se o teu pedido cumpre os critérios de risco de algum banco, poderás enviar a tua documentação através de um email ou documentos online, pelo que não é preciso sair de casa, para arrancar com tudo. O intermediário mandará a tua documentação aos bancos que estudem o teu pedido e o aprovem.

Compara as melhores ofertas no idealista/creditohabitacao e resolve as tuas dúvidas connosco de forma gratuita.