Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Aproveitar o confinamento para melhorar o crédito à habitação

Seja para pedir um novo empréstimo para a compra de casa ou para negociar as condições de um crédito habitação contratado, este pode ser um bom momento.

Photo by The Creative Exchange on Unsplash
Photo by The Creative Exchange on Unsplash
Autor: Redação

Estando mais tempo em casa, devido à obrigação de recolhimento domiciliário e teletrabalho, determinada pelo Governo no âmbito do novo confinamento em vigor desde o passado dia 15 de janeiro, há temas aos quais podemos aproveitar para dedicar mais atenção, nomeadamente o crédito habitação. Se já tinhas nos planos comprar ou mudar de casa, pode ser o momento ideal para começares a tua pesquisa, ficando com noção dos imóveis existentes no mercado e também das condições de um potencial empréstimo para a compra de casa.

Em alternativa, se mudar de casa não está nos teus planos, mas já tens um crédito habitação a decorrer, podes aproveitar para verificar quais as ofertas atuais de mercado e quem sabe conseguires melhores condições para o teu crédito à habitação. "Melhores condições no empréstimo da casa não se cingem apenas à redução de spread, mas também, por exemplo, em reduzires a vinculação associada ao crédito habitação ou em reduzires do prazo do crédito e consequentemente teres menos custos com o mesmo", explicam os especialistas do idealista/créditohabitação.

E alertam: qualquer uma das situações não necessitam que te dirijas a várias entidades bancárias. "Aproveita para procurar ajuda de um intermediário de crédito, que fará esse trabalho por ti, sem qualquer custo associado e sem saires de casa".

Durante a pandemia tem vindo a assistir-se a uma maior procura digital de imóveis “apoiada pelas diversas ferramentas que o mercado disponibiliza”, como são disso exemplo “as visitas virtuais e os projectos 3D que traduzem quase na perfeição as características do imóvel.” Também a pesquisa de crédito à habitação acompanhou essa tendência, “com os clientes a utilizarem simuladores online, a procurarem apoio profissional através de intermediários de crédito, em muitos casos antes de terem escolhido o imóvel a adquirir, permitindo efetuar a procura de casa de forma mais cómoda, tranquila e ajustada à sua realidade", precisa Miguel Cabrita, responsável por este serviço no idealista.

Por outro lado, salienta que os clientes podem avançar com o processo de crédito habitação antes de terem escolhido o imóvel. "Muitas vezes, os clientes apenas iniciam o processo de crédito habitação após a escolha do imóvel, mas nada os impede de iniciarem esse mesmo processo quando estão na fase de procura ativa de imóvel, o que possibilita adequar a procura à sua realidade e ter outro conforto quando encontrarem a casa que desejam” conclui.