Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

CGD contrata KPMG para vender 1.800 milhões de euros em crédito malparado

Autor: Redação

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) contratou a consultora KPMG para a auxiliar na venda de carteiras de crédito malparado cujo valor ascende a 1.800 milhões de euros. O banco público fará as operações este ano e no próximo, sendo que as mesmas fazem parte da estratégia da instituição financeira de aliviar o peso dos empréstimos em incumprimento, que ainda penalizam a sua rentabilidade.

Segundo o ECO, a maior parte do crédito problemático – 1.400 milhões de euros – diz respeito a empréstimos às empresas. Seguem-se 200 milhões de euros em crédito hipotecário e outros 200 milhões em imobiliário. De referir que estes 1.800 milhões de euros representam 38% dos cerca de 4.700 milhões de euros em incumprimento na instituição.

De acordo com a publicação, o valor já terá sido dado como perdido pela CGD, ou seja, o montante que vier a ser obtido com a alienação destas carteiras já é um ganho.

Esta operação surge depois de, no verão, a CGD ter vendido 476 milhões de euros em créditos com dificuldades de cobrança ao fundo de private equity Bain Capital Credit. Naquela que foi a primeira compra do fundo na banca portuguesa, a instituição financeira liderada por Paulo Macedo vendeu sobretudo “empréstimos imobiliários bilaterais garantidos por pequenas e médias empresas e algumas grandes empresas”, escreve o ECO.