Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Sabes quanto terás de poupar para ter uma reforma igual ao salário?

rawpixel/Unsplash
rawpixel/Unsplash
Autor: Redação

Quanto mais cedo, melhor. Esta é condição "sine qua non" no que toca à poupança. E se quiseres ter no futuro uma reforma idêntica ao salário atual, então o melhor será começar a fazê-lo já. A Deco fez as contas e concluiu que quem está a 20 anos da idade da reforma terá de poupar cerca de um terço do ordenado bruto para garantir uma pensão igual ao salário.

Segundo os cálculos da Deco - Associação de Defesa do Consumidor, citados pelo ECO, quer ganhes cerca de 1.500 euros ou 3.000 euros brutos e estejas a 10 ou 20 anos de te reformares, podes sempre contar com uma perda de rendimento que andará na ordem dos 30%.

Mas vamos aos números. Quem tiver um ordenado atual de 1.500 euros, e estiver a 20 anos da reforma, poderá contar com uma perda de rendimento de 638 euros – quer isto dizer que a pessoa necessitaria de 69.500 euros para, pelo menos, durante 10 anos assegurar que mantinha o mesmo valor de ordenado. Para alcançar esse valor seria necessário poupar e investir, por mês, cerca de 237 euros.

Se um indivíduo ganhar cerca de 3.000 euros brutos, e estiver a cerca de 10 anos da idade da reforma, então a pensão estimada será de 2.553 euros. Ou seja, menos 447 euros, que terá de garantir através de poupança.

De referir que os cálculos assumem uma remuneração de 4% ao ano da poupança e um crescimento salarial de 2% ao ano. Os valores considerados no salário são brutos – sem o efeito das retenções de IRS conforme seja casado, não casado, único titular, dois titulares, com ou sem dependentes.