Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Deco Alerta: Como poupar e fazer render o dinheiro

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Será que estás a gerir bem o teu orçamento familiar? No artigo de hoje da rubrica semanal Deco Alerta, destinada aos consumidores em Portugal e assegurada pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o idealista/news, deixamos-te algumas dicas que deves ter em conta na hora poupar. Conselhos oportunos em vésperas de se celebrar mais um Dia Mundial da Poupança.

Envia a tua questão para a Deco, por email para decolx@deco.pt ou por telefone para 00 351 21 371 02 20.

Eu e a minha família ambicionamos comprar um automóvel novo, mas com todas as despesas do nosso agregado familiar – eu, o meu marido e três filhos – é impossível. Como é que se consegue poupar? 

Todos temos sonhos, desejos, ou necessidades, seja um carro novo, como é o vosso caso, uma viagem ou até uma poupança para a reforma. A concretização destes desejos pode parecer impossível, contudo, com uma melhor gestão do orçamento familiar poderão tornar-se realidade.

Muitas vezes começamos logo por confundir o que são sonhos financeiros e  objetivos financeiros, mas são coisas distintas. É necessário juntar algum dinheiro primeiro, ou seja, é necessário poupar. E esta tarefa, com referes, é difícil.

Então o que fazer para alcançar a meta proposta? Comemora-se amanhã (dia 31 de outubro de 2018) o Dia Mundial da Poupança e para o assinalar a Deco aposta em oferecer algumas dicas, exequíveis, a todas a famílias. 

Comecemos com a questão das nossas compras diárias: será que necessitas efetivamente dessa compra? Apenas devemos comprar o que verdadeiramente necessitamos e que está previsto no nosso orçamento familiar. Não te esqueças que fazer compras por impulso pode arruinar o orçamento.

Outra dica importante está relacionada com o controlo de pequenos gastos. No nosso dia a dia há sempre pequenos consumos que podemos experimentar fazer de modo diferente e assim controlar melhor os gastos. São exemplos disto o pequeno-almoço fora de casa, os cafés ao longo do dia ou não usar lista de compras de supermercado.

Um outro princípio importante é o de se poupar sempre no início do mês e não no final, pois nesta altura quase não sobra nada. Poupa-se não o que sobra mas o que se definiu como objetivo. A poupança tem de ser um objetivo que se definiu para alcançar uma meta, como a da tua família – um carro novo.

Na verdade, a poupança não é mais que a parcela do nosso rendimento que não é gasto no período em que é recebido e, por consequência, é guardado para ser utilizado num momento futuro. Logo é crucial planear e controlar o orçamento familiar para se conseguir um certo desafogo e concretizar os nossos desejos. 

Sabe mais sobre este assunto aqui.