Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Poupança das famílias desce há três anos e está em mínimos históricos

ECO
ECO
Autor: Redação

A taxa de poupança das famílias portuguesas está em mínimos históricos – pelo menos desde 1999 –, tendo-se fixado nos 4,6% em 2018. Quer isto dizer que as pessoas pouparam apenas 4,6 euros em cada 100 euros de rendimento.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa de poupança das famílias caiu em 2018 pelo terceiro ano consecutivo, depois de ter aumentado 0,1% em 2015 face a 2014, para 5,3%. 

“A taxa de poupança das famílias mede a parte do rendimento disponível que não é utilizado em consumo final, sendo calculada através do rácio entre a poupança bruta e o rendimento disponível (inclui ajustamento pela variação da participação líquida das Famílias nos fundos de pensões)”, explica o INE.