Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Quem são os perennials? Têm mais de 55 anos e “dominam” a internet

A "apps" de comunicação são as preferidas desta geração que está a saber adaptar-se às novas tecnologias.

Photo by Fredrik Solli Wandem on Unsplash
Photo by Fredrik Solli Wandem on Unsplash
Autor: Redação

Baby boomers, geração X, Y (millennials) ou Z, e agora, os perennials. Quem são? Trata-se de um termo utilizado para caracterizar os consumidores digitais com mais de 55 anos, uma faixa etária que está a gerar, cada vez mais, interesse junto das marcas e (não só) dada a sua capacidade de adaptação às novas tecnologias.

De acordo com a Ipsos, uma das maiores empresas de estudos de mercado do mundo, esta geração de perennials destacou-se na última década por estar cada vez mais ligada ao mundo da internet. Segundo os dados da empresa, citados pela Marketeer, 89% dos jovens entre os 18 e os 24 anos afirmava que a internet fazia parte das suas vidas e que sentiria a sua falta se não existisse - 84% dos internautas mais velhos respondeu o mesmo.

Também no ano passado 55% dos perennials afirmava ter acedido à internet no dia anterior. Destes, 65% possui um smartphone pessoal e utiliza-o, em média, duas horas por dia, segundo escreve a mesma publicação.

A “apps” preferidas são, sem surpresa, as de comunicação. Apesar de as gerações mais novas, como a geração Z e os millennials, serem as mais “aficionadas” das redes sociais, os perennials não ficam atrás: mais de 86% está na “social media”, ultrapassando, por exemplo, a geração X (84,4%).

As diferenças são mais evidentes se olharmos para outros setores de atividade. As aplicações de moda são utilizadas por 21,8% dos millennials, mas no caso dos perennials a percentagem cai para 11,8%. A entrega de comida em casa, por exemplo, também é mais bem recebida pelos millennials (32,2%) do que por esta nova categoria de consumidores mais velhos (18,7%).