Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Da Black Friday à Green Friday: marcas apelam ao consumo mais sustentável para combater excessos

A Green Friday nasceu como uma reação ao ímpeto consumista da Black Friday e promove as compras mais sustentáveis e, sobretudo, responsáveis.

Photo by Edward Howell on Unsplash
Photo by Edward Howell on Unsplash
Autor: Redação

Tingir de verde a sexta-feira negra que se aproxima. Esta é a proposta de inúmeras marcas, que este ano estão a dedicar-se à promoção de campanhas exclusivas mais sustentáveis ou solidárias, para evitar o consumo em excesso. A Green Friday (em vez de Black Friday) incentiva compras mais responsáveis e amigas do ambiente, e assume-se como um desafio nestes tempos diferentes (de pandemia) que estamos a viver.

A Green Friday nasceu como uma reação ao ímpeto consumista da Black Friday. O objetivo não é combater totalmente as compras, mas responsabilizar os consumidores e levá-los a refletir sobre a importância de não agir compulsivamente. Várias marcas já se associaram a este movimento, de que é exemplo a gigante nórdica Ikea.

A marca sueca decidiu trocar as voltas aos aficionados da “febre” dos descontos e, pela primeira vez, e em 77 anos de história, as lojas Ikea em 27 mercados vão comprar de volta peças de mobiliário da marca aos seus clientes. A campanha chama-se Buy Back Friday e  objetivo é dar uma segunda vida e uma nova casa a estes produtos indesejados, com pouca utilidade ou que se tornaram irrelevantes, através do seu reaproveitamento para venda em segunda mão, tal como explicou o idealista/news.

A marca de joalharia portuguesa Wonther também “não quer mais dias ‘negros’ para o planeta” e já criou medidas para fazer desta uma Green Friday. Nesta Black Friday, em vez de descontos, a Wonther vai oferecer a compensação das emissões de carbono geradas pelo transporte das encomendas, responsáveis por 25% das emissões de carbono mundiais. Na prática, no próximo fim de semana, de 27 a 30 de novembro, em qualquer encomenda feita na loja online da Wonther, é oferecida a respetiva compensação das emissões de carbono causadas pelo seu envio.

A EDP tem em vigor a Green Week e oferece até 26 de novembro aos seus clientes uma semana completa de descontos (até 250 euros) em eletrodomésticos, ar condicionado, aquecimento de água, iluminação e painéis solares. Por cada equipamento comprado na Green Week, de 19 a 26 de novembro, os consumidores estão a contribuir para a biodiversidade através de um donativo à LPN-Liga para a Proteção da Natureza.