Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Novo Banco vende carteira de crédito mal parado por 37 milhões

A carteira alienada inclui cerca de 12.000 empréstimos, segundo o comunicado enviado à CMVM.

Autor: Redação

O Novo Banco vendeu uma carteira de crédito malparado por 37 milhões de euros, que tem um valor bruto de 79 milhões. Ainda assim, a instituição liderada por António Ramalho diz que o negócio teve um impacto direto "marginalmente positivo" nos resultados e no capital.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o banco informa que o valor de venda da carteira ascendeu a 37 milhões de euros e explica que “a concretização da operação, nos termos acordados, deverá ter um impacto direto marginalmente positivo na demonstração de resultados e no capital” do banco.

“A carteira alienada inclui cerca de 12.000 empréstimos, nenhum abrangido pelo Mecanismo de Capital Contingente”, acrescenta. Chama-se "Projeto Carter".

O Novo Banco explica ainda que a carteira de créditos não produtivos (non-performing loans) e ativos relacionados (no seu conjunto, Projeto Carter) foi vendida a uma sociedade detida por sociedades afiliadas e aconselhadas pela AGG Capital Management Limited e Christofferson, Robb & Company, LLC. Segundo uma notícia avançada pelo ECO, os compradores foram a Arrow e a CRC .

Esta transação, adianta, “representa mais um marco relevante no processo de desinvestimento de ativos não produtivos”, permitindo ao banco prosseguir a sua estratégia de “foco no negócio bancário doméstico”.