Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Endividamento da economia portuguesa bate máximo em fevereiro

Banco de Portugal
Banco de Portugal
Autor: Redação

O endividamento total da economia portuguesa atingiu um novo recorde em fevereiro de 2021, para 751,4 mil milhões de euros. Uma subida que foi generalizada, tendo afetado o setor público, as empresas e as famílias, e que já era de certa forma esperada, devido à crise provocada pela pandemia da Covid-19. Em causa estão dados divulgados esta quinta-feira (22 de abril de 2021) pelo Banco de Portugal (BdP).

“Em fevereiro de 2021, o endividamento do setor não financeiro situou-se em 751,4 mil milhões de euros, dos quais 345,6 mil milhões de euros respeitavam ao setor público e 405,8 mil milhões de euros ao setor privado. Relativamente a janeiro, o endividamento do setor não financeiro aumentou 5,4 mil milhões de euros. Este aumento deveu-se ao incremento de 4,1 mil milhões de euros do endividamento do setor público e de 1,3 mil milhões de euros do endividamento do setor privado”, lê-se na nota divulgada pelo regulador.