Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Os países mais afetados pela pandemia são…

ECO via índice da Oxford Economics
ECO via índice da Oxford Economics
Autor: Redação

Espanha é o país mais afetado pela pandemia da Covid-19 em termos sanitários e económicos, sendo seguido pelo Reino Unido e pelo Brasil, que ocupam o segundo e terceiro lugares do ranking. Já a China é, entre as 40 maiores economias analisadas no índice da Oxford Economics, o país menos afetado pela crise pandémica. E foi na China, recorde-se, que o coronavírus começou a circular, em dezembro de 2019. 

Segundo o ECO, que se apoia no referido índice, desenvolvido para abarcar as diferentes dimensões da Covid-19, a análise a 147 países – o estudo não inclui Portugal – conclui que as economias avançadas foram menos afetadas que as emergentes. Foram tidas em conta quatro métricas, a taxa de mortalidade por Covid-19, o impacto no PIB em 2020 e 2021, o aumento da dívida pública e o desempenho do mercado cambial e o acionista, sendo que as economias emergentes foram mais afetadas em termos da atividade económica e dos mercados financeiros enquanto as economias avançadas foram mais afetadas em termos da taxa de mortalidade e subida do endividamento público. 

De referir que entre as 40 maiores economias há seis europeias que integram o top dez: Espanha, Reino Unido, França, Itália, Áustria e Bélgica. Por ouro lado, quatro das cinco economias menos afetadas pela Covid-19 situam-se na Ásia: China, Coreia do Sul, Hong Kong e Vietname.