Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Estas são as 10 cidades bilionárias do mundo em 2020, o ano da pandemia

Chinesa Pequim ocupa o 1º lugar, tendo destronado Nova Iorque. Cidade norte-americana é, no entanto, a mais rica entre as ricas.

Visual Capitalist
Visual Capitalist
Autor: Redação

Sabias que em 2020, ano marcado pelo súbito aparecimento da pandemia da Covid-19, o mundo ganhou 493 novos bilionários? Significa isto que “nasceu” um bilionário a cada 17 horas. É em Pequim, na China, que há mais bilionários, 100, apenas mais um que em Nova Iorque (EUA). O pódio fica completo com Hong Kong (80).

Segundo o site Visual Capitalist, que se apoia em dados da Forbes, há apenas duas cidades europeias no top 10 das mais bilionárias do mundo em 2020: a russa Moscovo, que ocupa o 4º lugar (79 bilionários), e a britânica Londres, que se encontra na 7ª posição (63).

Apesar de haver mais ultra ricos em Pequim, é em Nova Iorque que a fortuna dos mais ricos é maior: mais de 560 mil milhões de dólares (quase 460 mil milhões de euros). De referir, ainda, que é Michael Bloomberg que detém a maior fortuna em Nova Iorque. Já o milionário mais rico de Pequim é Zhang Yiming, fundador da rede social TikTok, entre outras coisas.