Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

O que se pode fazer agora no desconfinamento? Esta ferramenta responde

Sabe qual é o teu nível de risco ao participar em cada atividade no teu concelho.

atividades com amigos durante a pandemia
Photo by Duy Pham on Unsplash
Autor: Redação

Posso ir a um espetáculo ao ar livre? E assistir a um jogo de futebol? Em tempos da Covid-19 as dúvidas sobre o que podemos ou não fazer são mais que muitas, especialmente quando de quinze em quinze dias as regras mudam em cada concelho consoante as respetivas taxas de incidência da doença. Para responder a todas as dúvidas foi desenhada uma nova ferramenta que diz qual é o nível de risco individual ao participar numa determinada atividade num determinado concelho.

Esta ferramenta foi desenvolvida pelo Público em parceria com a Escola de Medicina da Universidade do Minho e é muito fácil de usar. Primeiro, faz uma série de questões pessoais – idade, peso, altura, se já tiveste ou não Covid-19, se já foste vacinado há pelo menos 14 dias. Depois, também questiona se tens ou não uma das doenças crónicas que foram associadas a grupos de risco da Covid-19, como diabetes, asma, doença cardíaca, oncológica …. E ainda se és fumador, isto porque fumar aumenta o nível de risco de complicações de saúde caso sejas infetado.

Os dados para calcular o teu nível de risco ficam completos ao indicar o concelho onde resides e a atividade que pretendes realizar – ir a um jantar, fazer exercício físico, ir a um espetáculo, a barbeiro/cabeleireiro, à missa ou outro culto religioso, ao futebol… E não esquece ainda de questionar sobre os vários aspetos que possam influenciar a segurança no local, como a lotação do espaço e o cumprimento das regras da Direção Geral de Saúde. Depois, a ferramenta calcula de forma automática aquele que é o teu nível risco para a atividade escolhida – se é baixo, moderado ou alto.

Esta ferramenta pode ajudar a decidir se deves ou não participar numa determinada atividade, num momento em que a pandemia não está controlada em Portugal. A vacinação está a avançar a bom ritmo no país – havendo já 33,8% da população com a vacinação completa, segundo os dados mais recentes do Our World in Data. Mas ainda falta um longo caminho percorrer até atingirmos a imunidade de grupo que deverá ser conseguida quando pelo menos 70% dos portugueses estiverem vacinados. Até lá as restrições são para manter e as dúvidas sobre o que podemos ou não fazer persistem.